25 de nov de 2009

J.Cocco Sportaiment e Wilson Fittipaldi juntos nas pistas e no marketing

A parceria entre a J.Cocco Sportaiment e Wilson Fittipaldi já deu frutos. Trata-se da marca Fittipaldi Racing Brand³, um novo conceito em patrocínio automobilístico. A marca pretende ter
equipes nas principais categorias do automobilismo nacional: Fórmula Truck, Stock Car e também na Brasil GT3. A Fittipaldi Racing irá atuar na ativação da marca e administração da equipe, patrocínio, merchandising, promoções, endomarketing, Hospitality Center, mensuração de resultados e avaliação final. O diferencial do pacote é tentar tirar todo proveito que é necessário para ativação de uma marca, explorando cada possibilidade de exposição do nome da marca. A Fittipaldi Racing aparecerá no título da escuderia, que pode ser o nome do patrocinador master, e terá o controle dos direitos técnicos e administrados do time, podendo interferir inclusive na escolha do piloto para que o perfil do profissional case com os interesses das marcas dos patrocinadores. “Queremos fazer com que o patrocínio seja utilizado na sua plenitude, transferindo para a marca o resultado que ela está esperando”, afirma José Estevão Cocco, diretor-presidente da J.Cocco.

Redação Sport Marketing

Natal receberá R$400 milhões para Copa 2014

Natal receberá R$400 milhões de recursos do PAC da Mobilidade Urbana para serem destinados a obras relacionadas ao trânsito de Natal, visando a Copa do Mundo de 2014. O Governo federal vai repassar R$ 370 milhões, por meio do BNDES e os R$ 30 milhões restantes serão aplicados, a título de contrapartidas, pelo Governo do Estado e Prefeitura de Natal. Os recursos já estão disponíveis e terão que ser utilizados até junho de 2014.
Redação Sport Marketing

Adidas lança campanha na África do Sul

A Adidas, patrocinadora oficial FIFA, lançou uma nova ação de marketing para a Copa de 2010. A marca de materiais esportivos alemã, que também patrocina a seleção sul-africana de futebol, criou uma réplica gigante da camisa da equipe, a chamada Bafana-Bafana, medindo 60 x 48 metros que vai celebrar a África do Sul em uma jornada que cruzará todo o país. A jornada da camisa vai durar sete meses, convidando as pessoas a assinarem o tecido. Vale destacar que a Puma desenvolve desde 2006 em todo território africano várias ações de marketing e patrocínio (ler matérias arquivo Sport Marketing - Sport Marketing: Puma segue marcando território na África,Sport Marketing: Puma lança tênis temático, Sport Marketing: A guerra das marcas nos gramados) .
Redação Sport Marketing

Novak Djokovic assina com Sergio Tacchini

Novak Djokovic assinou contrato com a empresa italiana Sergio Tacchini por 10 anos. O acordo colocou fim no business que o sérvio tinha com a Adidas. O patrocínio com os italianos para vestir suas roupas passar a vigorar a partir do próximo ano."Meus principais ídolos como Pete Sampras e John McEnroe ganharam quase todos os títulos usando o logotipo da Sergio Tacchini", afirmou o tenista de Belgrado. Como parte do acordo, a Sergio Tacchini vai produzir quatro linhas de vestuário baseadas em Djokovic a cada ano. Os valores não foram divulgados.
Redação Sport Marketing

Atlético-MG soma três novos patrocínios

Três novos patrocinadores estarão no manto sagrado do Atlético-MG na temporada 2010. O patrocínio principal é do banco BMG, pelos próximos dois anos de duração. A Ricardo Eletro, rede de eletrodomésticos, firmou compromisso por um ano para estampar a logomarca nas mangas dos uniformes. Já a Alpargatas, comprou a Filon, que representava no Brasil a Lotto, fabricante de material esportivo, além de Topper, Rainha e Mizuno e vai apresentar uma lista de fabricantes de material esportivo para a definição do novo fornecedor. Não foram informados os valores dos contratos.
Redação Sport Marketing

Roger Federer o homem de US$36 milhões

Roger Federer vale US$36 milhões (24 milhões de euros) por ano. Rafael Nadal e Andy Murray são os que poderão um dia chegar mais perto de Federer e o britânico assinou com a Adidas por cinco anos, falando-se de 17 milhões de euros. Recentemente, Federer chegou a acordo com o banco Crédit Suisse e os chocolates Lindt & Sprungli Kilchberg, e embora os montantes não tenham sido divulgados, sabe-se que os representantes do campeoníssimo têm negociado patrocínios entre os 12 e os 15 milhões de euros. As grandes excepções são os contratos com as raquetes Wilson (vitalício) e com a Nike, valendo este último entre 80 e 90 milhões de euros. De março de 2004 a janeiro de 2009 o tenista ganhou todos os 16 torneios que jogou da categoria ATP World Tour 250!
Redação Sport Marketing