30 de jun. de 2009

Mizuno será a marca do Grand Slam de Judô

A Mizuno será a fornecedora oficial de material esportivo da terceira etapa do Grand Slam de Judô, competição que faz parte do novo circuito mundial montado pela Federação Internacional de Judô (FIJ) a partir deste ano. A marca vestirá árbitros e profissionais que trabalharão no Grand Slam que acontece no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, entre 4 e 5 de julho. Além disso, como patrocinadora da seleção brasileira, a Mizuno estará nos quimonos dos judocas que representarão o país. “O Grand Slam é uma das mais importantes competições do ano. A presença da Mizuno na etapa brasileira do evento reforça nosso compromisso com a modalidade e também mostra a importância do patrocínio à CBJ”, disse Gilberto Ratto, gerente de relações esportivas da Mizuno. A relação da marca com o Grand Slam também estará reforçada pela criação de uma loja exclusiva para o torcedor. No Maracanãzinho, serão vendidos produtos tanto para a prática do judô quanto outros artigos da Mizuno, na Judô Store, montada em parceria com a CBJ. Composto de quatro etapas ao longo do ano (Paris, Moscou e Tóquio abrigam as outras), o Grand Slam conta pontos para o ranking mundial, o que faz com que os principais judocas de todo o mundo estejam presentes ao evento. No Rio, está prevista a participação de 210 atletas de 25 diferentes países, sendo que 16 deles são medalhistas olímpicos e 18 mundiais.

Redação Sport Marketing

Oi e Vivo disputam espaço na Copa de 2014

Duas operadoras de celular entraram na disputa pelas cotas de patrocínio e fornecimento para a Copa 2014. As operadoras de telefonia móvel Oi e Vivo demonstrando interesse em se tornarem parceiras do evento e disputam o contrato de serviços de comunicação no evento que aconterá no Brasil. O valor da cota de fornecedor local, que dá direito a exposição em associação com o evento gira em torno de US$ 45 milhões (R$ 87 milhões). A Vivo já é patrocinadora da CBF com aporte anual de US$ 15 milhões (R$ 29 milhões) pelo contrato.
Redação Sport Marketing

Reebok faz ação para comunicar novo produto

A Reebok fará campanha em pontos-de-venda em diversas capitais do Brasil para comunicar a chegada ao mercado nacional do tênis de Running Select Ride. A ação acontecerá durante todo o mês de julho na capital e interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Cuiabá, Campo Grande, Manaus e Belém. A marca, representada no Brasil pela Vulcabrasazaleia, quer atingir o público que vê a corrida como um esporte do dia-a-dia. “Estar no ponto-de-venda com um produto de R$ 599 posiciona a Reebok em um nível mais alto do que o cotidiano”, explica Dalton Martineli, Gerente de Marketing Reebok.
Redação Sport Marketing

New York Knicks sela patrocínio com marca de vodka

O New York Knicks fechou contrato com a vodka Sobieski. O contrato de patrocínio da equipe da NBA com a marca de vodka é de um ano e está avaliado em mais de US$500,000. O acordo permite que a marca também tenha publicidade estática no Madison Square Garden Sports (MSG), onde a empresa pretende abrir um bar, além de exibir spots comerciais durante os jogos dos Knicks e do Nova York Rangers da NHL, que forem realizados no Madison Square Garden. O contrato não é de exclusividade. "Esta é uma categoria muito fértil", disse Greg Elliott, vice- presidente senior do MSG. "Existem também bens digitais e hospitalidade incluídos, bem como publicidade estática. Estamos também incidindo sobre outras marcas."
Redação Sport Marketing

Jogos Asiáticos batem recorde de patrocinadores

O Comitê Organizador da 16 º edição dos Jogos Asiáticos está comemorando a maior renda de patrocínio da história do evento. Faltando 500 dias para a abertura do evento, um funcionário do Comitê afirmou a excelente fase de negociações. "Temos feito progressos notáveis em termos de marketing," disse Jiangnan Liu, vice-secretário-geral do Comitê dos Jogos. "Posso dizer que o total até agora arrecadado é de cinco vezes o montante recolhido nos Jogos Asiáticos de 2006 em Doha, Catar," acrescentou, recusando-se a revelar o total arrecadado em patrocínios. Até agora, 30 empresas já assinaram acordos de patrocínio com o Comitê Organizador dos Jogos, o maior número da história dos Jogos Asiáticos. "Um número crescente de empresas nacionais estão conscientes dos Jogos Asiáticos," acrescentou Liu. O Comitê ainda pretende assinar cerca de mais 10 patrocínios antes da abertura dos Jogos. São 23 empresas autorizadas a produzir produtos oficiais e mais 31 autorizados a vender produtos. Cerca de 2.000 diferentes itens serão produzidos.
Redação Sport Marketing

Governo estuda aumento do repasse da Lei Agnelo/Piva

O governo federal promete tomar uma solução salomônica com relação ao repasse da Lei Agnelo/Piva. A nova proposta é de aumento de 0,5%. Com isso, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) segue administrando os 2,o% a que sempre teve direito e lutopara tal, enquanto que os clubes de futebol, passariam a receber o montante correspondente ao acréscimo de 0,5% na distribuição dos recursos. A solução atende aos apelos dos clubes formadores de atletas e ao COB. Depois de aprovada, a proposta segue para o Ministério do Esporte, que auxiliará nas negociações com a Caixa. "Continuaremos com a nossa proposta de receber 30% dos 2% que o COB recebe. Mas se recebermos 0,5%, abriremos mão dela" - afirmou o presidente do Pinheiros e representante na comissão do Conselho de Clubes Formadores de Atletas Olímpicos (Confao), Antonio Moreno Neto, em matéria do jornalista Michel Castelar, publicada no portal Lancenet. A verdade é que ciente de que não tem forças contra o COB, o Confao optou por lutar ao lado do COB pelo aumento do repasse. "Fizemos os clubes ver que não há como o COB perder recursos. Isso prejudicaria a todos. Lutaremos juntos para aumentarmos o repasse, porque a outra opção (ceder 30% dos recursos que a entidade recebe) é inviável" - enfatizou Marcus Vinicius Freire, Superintendente Executivo de Esportes do COB.
Ler matérias arquivo:
Redação Sport Marketing

Empresa chinesa aposta em crescimento

A fabricante chinesa de roupas esportivas chamada 361 Degrees planeja investir mais de US$100 milhões em patrocínios esportivos. A empresa, que tem 5.500 lojas em toda a China, pretende levantar US$ 320 milhões. A empresa será patrocinadora da próxima edição dos Jogos Asiáticos. A empresa pretende lançar uma nova linha de produtos destinados às crianças e focar as ações de divulgação e publicidade nos modelos de tênis, produto principal, que tentará promover.
Redação Sport Marketing

Virgin pode patrocinar a Manor F1 Team

O empresário Richard Branson da Virgin, atualmente patrocinadora do BrawnGP, tem intenções de "batizar" uma equipe de F1. De acordo com notícia veiculada na BBC, a Manor F1 Team poderá ser a beneficiada com a venda do 'naming rights' . Branson afirmou que a empresa está interessada em continuar o patrocínio na F1, mas espera que a Brawn diminua os preços que subiram após os resultados positivos. "Eu suspeito que no próximo ano, os preços serão astronômicos e talvez tenhamos de olhar para outro lado e patrocinar com uma equipe menor", disse Richard. A Manor F1 Team, entra no circo ano que vem e conta com dois pilotos brasileiros na Fórmula 3 Europeia.
Redação Sport Marketing

Clube alemão procura patrocinador para estádio

O Hamburg está procurando um novo patrocinador para o estádio. O contrato com o HSH Nordbank, que durava desde 2007, terminou e o banco não quis renovar os direitos de 'naming rights' do estádio do time alemão. A decisão de não renovar por mais três anos de parceria foi devido a crise financeira mundial. A parceria estava avaliada em US$ 5,5 milhões ano. "Temos trabalhado com prazer e êxito com o HSV nos últimos anos", disse o presidente do HSH Nordbank, Dirk Jens Nonnenmacher. "O HSV é um clube querido. No entanto, uma reestruturação do HSH Nordbank não nos permite continuar. Devido à crise financeira, a situação é completamente diferente."
Redação Sport Marketing

Nike renova com atletismo americano

O atletismo norte-americano estendeu contrato com a Nike. O contrato vigora até 2013 e poderá ser ampliado, caso Chicago ganhe a candidatura para hospedar os Jogos Olímpicos de 2016. A maior fabricante de materiais esportivos irá realizar um aporte financeiro no valor de US$ 10 milhões. O IOC - International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional anunciará os anfitriões dos Jogos em outubro entre Chicago, Rio de Janeiro, Tóquio e Madri. A Nike tem sido a marca oficial do atletismo americano em competições internacionais desde 1991. O United States Track and Field (USATF) é o órgão responsável por todas as modalidades do atletismo nos Estados Unidos.

Redação Sport Marketing

Kellogg's estende contrato com natação

A Kellogg's estendeu o contrato de 25 anos com a equipe de natação do Reino Unido. O pacote do patrocínio está estimado em £ 3m ao longo dos próximos três anos do novo acordo. A fabricante de cereais dará apoio financeiro para os quatro principais nadadores olímpicos: Cassie Patten, Nick Robinson Baker, Sam Hynd e Olivia Allison do nado sincronizado. Os quatro agora serão conhecidos como a equipa Kellogg's e receberão apoio até os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Por sua vez irão atuar como tutores de jovens nadadores. A Kellogg's também aproveitou a oportunidade para confirmar que continuará o programa Swim Active que implica em campanhas para aumentar a prática da natação em comunidades.
Redação Sport Marketing

Guarani fecha patrocínio de calção

A diretoria do Guarani fechou novo patrocínio para o calção da equipe. A Lupo estampará o uniforme até o final da Série B do Campeonato Brasileiro. Os valores da negociação com a empresa que já patrocinou o clube em outras duas oportunidades, nos Campeonatos Paulistas de 2008 e 2009, nãp foram revelados. A expectativa é que a parceria se renove ao término da temporada. O Guarani é o líder da Segunda Divisão, com 22 pontos, quatro a mais que o segundo colocado Brasiliense.

Redação Sport Marketing