19 de jun. de 2009

Michael Phelps escreve livro infantil

O nadador Michael Phelps segue a trajetória literária. O maior fenômeno da história da natação olímpica, oito medalhas de ouro nos Jogos de Beijing em 2008, Phelps está escrevendo um novo livro. Agora, o público alvo da obra do nadador são as crianças. O livro já tem título: «How to Train a T.Rex and Win 8 Gold Medals» (Como treinar um dinossauro a ganhar oito medalhas de ouro) vai falar, em uma linguagem mais fácil, sobre a rotina de um atleta de competição. A obra terá ainda ilustrações de Ward Jenkins, que retratará o próprio campeão olímpico, o treinador, Bob Bowman, e o cão buldogue, Herman. Phelps, que soma 14 medalhas olímpicas na carreira, apareceu como um fenômeno, mas viu a reputação diminuir bastante depois de ter sido fotografado fumando maconha, fato que o distanciou de patrocinadores importantes como a fabricante de cereais Kellogs que rescindiu contrato com o atleta depois do escândalo.
Redação Sport Marketing

Atlético-PR é Philco

O Atlético-PR fechou acordo pontual com a Philco. A indústria de eletroeletrônicos e eletrodomésticos estampará a marca na camisa rubro-negra nos dois próximos jogos do time no Brasileiro, diante de Palmeiras e Corinthians. Os valores da negociação não foram revelados até o momento. Apesar de ser um patrocínio de oportunidade, o clube tem esperanças de que o acordo se estenda por mais tempo.
Redação Sport Marketing

Ministério do Esporte responde ao TCU

O Ministério do Esporte afirmou, por meio de nota oficial, que não haverá prejuízo ao erário no caso de problemas referentes à contratação de instalações provisórias para o Pan. A nota vem em resposta ao Tribunal de Contas da União que apontou uma série de irregularidades em pesquisa de preços, compra e instalação de equipamentos para os Jogos, além de gastos, superiores ao planejado, não justificados. O TCU estabeleceu prazo de 15 dias para que Ricardo Leyser, titular da Sepan (secretaria especial do ministério para acompanhamento do Pan), Luiz Custódio Orro de Freitas, assessor de engenharia da Sepan, e representantes da empresa contratada deem explicações."Esclarece-se que os recursos destinados ao pagamento à empresa contratada estão bloqueados, desde 2007, no Ministério do Esporte, não só neste como em outros casos pendentes no TCU", escreveu o Ministério do Esporte, em nota oficial.
Redação Sport Marketing

F1 em crise pode perder dois bilhões de dólares

Caso as oito equipes de F1 abandonem a categoria, a debandada representará a perda de um investimento anual de dois bilhões de dólares (1,4 bilhões de euros) na competição. BMW-Sauber, Brawn, Ferrari, McLaren, Renault, Red Bull, Toro Rosso e Toyota representam cerca de 47% das receitas da F1, incluindo patrocínios, os acordos com os fornecedores e a contribuição das equipes. O relatório da Formula Money, empresa que monitoriza a indústria automóvel, citado pela Reuters, afirma também que a F1 pode sofrer sérias consequências de efeitos imediato caso a saída destas equipes se concretize. “Isto pode tornar mais difícil os promotores das corridas pagarem as rendas dos circuitos, em média 23,7 milhões de dólares (16,9 milhões de euros).” As televisões poderão também não estar dispostas a pagar os altos valores de direitos de transmissão por um campeonato sem as principais equipes. “Estas equipes também gastam grandes montantes em alojamento e publicidade nas pistas. Por isso, a partida terá outros impactos nas receitas”, aponta o mesmo relatório. A Fórmula Money estima que a competição necessite de 550 milhões de dólares anuais (394 milhões de euros) para cobrir os custos.
Redação Sport Marketing

ALE investe no Rally dos Sertões

A distribuidora de combustíveis ALE segue investindo em Marketing esportivo. Depois de realizar ações pontuais no futebol, ao patrocinar o Vasco da Gama, a empresa pretende manter a Equipe ALE de Rally, composta por moto e quadriciclo, que participarão da 17ª edição do Rally Internacional dos Sertões, no Brasil, entre 23 de junho e 3 de julho. Como parte da ação, a ALE criou o blog da equipe ALE que será alimentado pelos pilotos durante o Rally dos Sertões.
Ler matéria arquivo:

Redação Sport Marketing

Ligas Americanas - as mais valiosas do mundo

A marca Manchester United está bem na fita! Em estudo realizado pela revista SportsPro, o Manchester United está entre as oitava marcas do esporte mais valiosas do mundo. O relatório, pela primeira vez, avaliou 200 marcas em todo o espectro esportivo. No topo da lista estão marcas americanas como National Football League, líder do ranking (£ 2.75bilhões), à frente da Major League Baseball (US$ 3.936bilhões), e da National Basketball Association (US$ 2.344bilhões). No total, estas três franquias somam US $ 1.495bilhões. A Copa do Mundo FIFA aparece na sequência com o valor de US$ 1.7bilhões. A Premier League não foi considerada na análise. "A PL e algumas outras ligas não estão na lista, porque são propriedade dos clubes e são efetivamente receitas distribuição entidades não propriedades", disse Tom Rubython, o editor-chefe da SportsPro. De acordo com o estudo, a marca Ferrari vale US$ 1.55bilhões e lidera entre as equipes da F1, ficando um lugar à frente do Manchester United, (US$ 1.45bilhões), que é nono.
Redação Sport Marketing

BMW apoia candidatura olímpica de Munique

A BMW irá fornecer entre €3 e €5 milhões de apoio para a candidatura de Munique para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno em 2018. Além de aporte financeiro, a fabricante de automóveis irá fornecer veículos durante toda a fase aplicação que vai até julho de 2011, ano em que o IOC 0 International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional irá votar a cidade sede do megaevento de inverno. "Estou satisfeito que a BMW, de apoio para Munique. Gostaria de agradecer ao presidente da BMW, Dr. Reithofer pessoalmente pela substancial contribuição financeira e em value in kind (produtos) " - disse Horst Seehofer, primeiro-ministro do Estado da Baviera. Munique já foi sede olímpica em 1972, quando o evento entrou para a história devido ao atentado terrorista na Vila Olímpica, onde atletas israelenses foram brutalmente assassinados.


Redação Sport Marketing

Manchester United fecha nova parceria

O marketing do Manchester United parece ter deslanchado depois que o time inglês fechou acordo com a Aon. Agora os 'RedDevils' fecharam contrato de parceria com a Aigo. O acordo com a fabricante chinesa de aparelhos eletrônicos é para os próximos cinco anos. O negócio prevê que a empresa fabrique e distribua aparelhos com a marca Manchester United, tais como celulares, câmeras, dispositivos de armazenamento de dados em todo o mundo. Embora os detalhes financeiros não tenham sido revelados, o clube espera que a parceria deve gere cerca de US$ 5 milhões por ano. "A China sempre foi a segunda casa do Manchester United", disse o diretor comercial do clube inglês, Richard Arnold. "Nós fomos para a China em turnê cinco vezes na última década. Agora temos nosso primeiro parceiro chinês. Cerca de 71 milhões dos 330 milhões de torcedores do mundo inteiro vivem na China."

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres

Crise começa a alterar hábitos de consumo do esporte

A crise financeira mundial começa a afetar a rotina de consumo dos aficcionados por esporte. Esta foi a conclusão de um relatório da consultoria Sport + Markt, o qual constatou que a maior parte dos consumidores irá manter os gastos em esportes, mas que a preocupação com a crise financeira mundial começa a ditar novas regras de consumo na indústria do esporte. De acordo com a pesquisa 60% dos alemães e 63% dos britânicos entrevistados descreveram a atual situação financeira como "preocupante", mas apenas 28% dos alemães e 35% dos cidadãos britânicos encaram a própria situação como "negativa". Entre o universo dos entrevistados, apenas 17% dos alemães pensam em diminuir a freqüencia em eventos esportivos para poupar dinheiro e cerca de 19% vão assistir aos eventos esportivos pela tv. Já no Reino Unido, 34% dos entrevistados afirmam que vão assistir menos eventos esportivos por causa da recessão. A queda no consumo não é uniforme entre os diferentes setores. A pesquisa realizada pela Sport + Markt mostra que, em ambos os países, os entrevistados disseram que vão reduzir o consumo apenas marginalmente, mas caso o arrocho de crédito não se intensifique nos próximos meses, todo o setor esportivo deverá sobre ligeira queda.
Redação Sport Marketing

Grêmio fecha parceria

O Grêmio fechou parceria com a empresa TNS Sport para consultoria em marketing esportivo. Os detalhes financeiros que envolvem a parceria não foram divulgados, mas a TNS, parceira do clube dos 13, a exemplo dos escritórios da empresa na Inglaterra, Alemanha, França, Espanha e China, irá conduzir regularmente pesquisas de mercado junto aos torcedores.
Redação Sport Marketing

Jogos de Beijing geraram lucro

Os Jogos Olímpicos de Beijing, realizados em agosto do ano passado, registraram saldo na balança nacional de 1 bilhão de yuans (US$ 150 milhões). De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Contas, que acompanhou o balanço e a construção dos estádios olímpicos entre setembro de 2005 e março de 2009. Até março de 2009, o Comitê dos Jogos Olímpicos de Beijing registrou a receita de 20,5 bilhões de yuans, dos quais foram gastos 19,5 bilhões.
Redação Sport Marketing

Vasco sob medida

A Penalty juntou ao Senai/Cetiqt e vai fazer as camisas dos jogadores do Vasco sob medida. O novo uniforme já tem data marcada: 11 de julho. De acordo com o representante da Penalty, Carlos Saraiva, a iniciativa é pioneira no país. "Queremos que o Vasco seja a estrela da nossa constelação e estamos buscando tudo o que tem de melhor no mercado. O Vasco vai ser o primeiro clube do Brasil a ter um uniforme feito sob medida. Essa atitude pode melhorar a performance dos atletas dentro de campo" – afirmou Saraiva. Todos os jogadores do clube de São Januário vão passar por um scanner que lê 150 medidas do corpo humano.
Redação Sport Marketing

Technogym fecha com Jogos Olímpicos da Juventude

A Technogym fechou contrato com os Jogos Olímpicos da Juventude 2010. A primeira edição do evento de verão será realizada em Cingapura. A Technogym seguirá acompanhando o Movimento Olímpico, fornecendo equipamentos de fitness para a academia que sempre é construída nas Vilas Olímpicas. O acordo prevê que a Technogym forneça mais de 150 máquinas. O contrato é de um ano, no valor de US$500,000. "Depois de ser um fornecedor oficial para a Sydney 2000, Atenas 2004, Turim 2006 e os Jogos Olímpicos Beijing 2008, estamos muito orgulhosos em apoiar os primeiros Jogos Olímpicos da Juventude", disse Nerio Alessandri, presidente da Technogym. O Singapore Youth Olympic Games Organising Committee (SYOGOC) - Comitê Oganizador dos Jogos Olímpicos da Juventude de Cingapura espera levantar um total de US$ 50 milhões em patrocínio. "Como a comissão organizadora, vamos somar esforços no sentido de proporcionar uma estadia confortável na Vila Olímpica para os atletas durante Jogos. Com a experiência adquirida em equipar ginásios para os Jogos Olímpicos, a Technogym será capaz de antecipar e satisfazer aos atletas e treinadores durante o período dos jogos ", disse Goh Kee Nguan executivo do SOCOG.
Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres