27 de mai. de 2009

Conselho Deliberativo do Flamengo aprova Vulcabras

A imprensa carioca destaca que o Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou a assinatura de contrato com a Vulcabras, detentora da marca Olympikus, como nova fornecedora de material esportivo do rubro-negro. O acordo começa a vigorar em 1º de julho deste ano, um dia depois de expirar o contrato com a Nike. Os valores da parceria com a Olympikus ainda não foram expostos de maneira oficial, mas especula-se que trata-se de algo em torno de R$ 20 milhões por ano. O clube rubro-negro deverá receber mais um adiantamento nos próximos dias. Apontado como falido pelo ex-jogador Leonardo, atual técnico do Milan, o clube carioca ainda tem que resolver questões como uma marca que substitua a Petrobras no manto sagrado do clube, o patrocínio da equipe de ginástica etc.

Ler matérias arquivo: Sport Marketing: Leonardo diz que Flamengo está falido

Redação Sport Marketing

Comitê Olímpico Japonês funda instituto olímpico com olho nos Jogos de 2016

O Japanese Olympic Committee - Comitê Olímpico Japonês fundou um instituto para promover os valores do Movimento Olímpico e a candidatura de Tóquio para os Jogos Olímpicos de 2016. O instituto leva o nome de Jigoro Kano, fundador do judô e primeiro membro asiático do IOC -International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI). O instituto terá como missão promover a investigação e a educação sobre os Jogos Olímpicos, a luta contra o doping e o desenvolvimento internacional através do esporte. Também são parceiros do Instituto a associação de esportes do Japão, a agência japonesa antidoping e o Governo Metropolitano de Tóquio, além de empresas.
Redação Sport Marketing

Falta de investimentos pode tirar Hungria do calendário da F1

A imprensa européia coloca em questão a realziação do futuro do GP da Hungria na F1. Embora as autoridades húngaras tenham assinado um acordo para realizar a prova até 2016, os jornais húngaros divulgam que devido à crise econômica mundial e do país e a consequente falta de investimento, os ministros do governo não mais apóiam a realização da corrida. Entretanto, o cancelamento do evento antes de 2012 não é possível, já que todos os pagamentos referentes a organização já foram efetuados.


Redação Sport Marketing

Organização do French Open planeja nova arena

Os organizadores do French Open estão planejando a construção de um novo estádio de € 120 milhões. A nova arena terá teto retrátil e terá como missão competir com Wimbledon e atrair patrocinadores e fãs do tênis. Gilbert Ysern diretor do torneio, revelou durante uma coletiva de imprensa em Paris que a construção do estádio deve começar em 2011. A previsão é que a nova arena esteja pronta em cinco anos. "Wimbledon está muito à frente de nós no momento"- disse aos jornalistas. Ysern acrescentou que a Federação Francesa de Tênis vai pagar € 80 milhões do custo do novo estádio e Paris vai contribuir com € 20 milhões. Caberá ao governo francês, o financiamento do restante do custo total.


Redação Sport Marketing

Internacional lança nova grife

O Sport Club Internacional lança hoje uma nova grife no Estádio Beira-Rio, antes do jogo do clube colorado com o Coritiba válido pela Copa do Brasil. A ‘Inter Red’ é uma marca que pretende atender ao público jovem entre 14 e 25 anos. Serão 130 itens (peças e assessórios) para homens e mulheres. Os produtos estarão à disposição da torcida nas lojas Inter Sports e em pontos-de-venda especializados em moda jovem do estado do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Compras na loja virtual do clube serão possíveis apenas à partir do mês de junho. O departamento de marketing do clube pretende arrecadar aproximadamente R$ 500 mil em royalties no primeiro ano com a nova grife. D'Alessandro será o garoto-propaganda da marca.


Redação Sport Marketing

Google publica doodle em homenagem à final da Liga dos Campeões

Os torcedores do Manchester United e do Barcelona que acionaram a página inciial do Google tiveram uma grata surpresa. A empresa ilustrou o logotipo em homenagem à final da Liga dos Campeões, que será disputada hoje à noite, em Roma. A logomarca está personalizada com uma bola de futebol, um estádio e todas as letras na cor verde. Os primeiros "doodles" publicados pelo Google foi criado no início da história da companhia por causa do festival Burning Man, nos Estados Unidos. Desde então, devido o sucesso, a empresa decidiu repetir a ação em determinadas festas populares ou acontecimentos mundiais como Jogos Olímpicos, Copas do Mundo etc.

Redação Sport Marketing

FOTA exclui Williams

A Williams foi a primeira escuderia a se inscrever para a temporada 2010 da F1. Mas, a iniciativa de ter saído na frente não pegou bem. A Associação de Equipes da F1 (fFOTA) excluiu a equipe do grupo por ter ido contra política da entidade sobre o limite orçamentário da categoria. A Williams informou que foi ''suspensa temporariamente'' pela FOTA que está ainda negociando com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) mudanças na proposta do teto orçamentário. Dia 29, é o prazo final para inscrição na competição de 2010. Frank Williams justificou a inscrição dizendo que a equipe tem compromisso comercial de competir até o final de 2012.
Redação Sport Marketing

São Paulo FC convoca torcida

O São Paulo FC está convocando a torcida para lotar o Morumbi no dia do anúncio das cidades sedes da Copa do Mundo de 2014. De acordo com o site oficial do clube paulista, o torcedor pode adquirir um ingresso e uma camiseta exclusiva trocando 1 kg de arroz ou feijão. Veja os postos de troca no site http://www.saopaulofc.net/. A ação, conta com o apoio da Cruz Vermelha Brasileira e será revertida para os desabrigados pelas chiuvas do norte e nordeste do país. O clube também se prepara para buscar no mercado novos patrocinadores para as camisas, uma vez que a Fast Shop já anunciou qu enão vai continuar a estampar a marca nas mangas do tricolor. Especula-se que a marca está em negociações com o Palmeiras.
Redação Sport Marketing

Yelena Isinbayeva segue nas alturas

Patrocinada pela marca de materiais esportivos chinesa Li Ning, Yelena Isinbayeva, medalha de ouro no salto com vara nos Jogos Olímpicos de Beijing conquistou mais um prêmio. A russa, que lançou recentemente uma marca de perfumes, recebeu pela segunda vez consecutiva o prêmio Laureus de melhor esportista feminina do ano. Também foram indicadas para o prêmio a fundista etíope Tirunesh Dibaba, a nadadora australiana Stéphanie Rice, a golfista mexicana Lorena Ochoa e as americanas Lindsey Vonn (esqui) e Venus Williams (tênis). Devido à crise econômica mundial, este ano, não haverá a tradicional cerimônia de premiação e os outros vencedores do Laureus, que serão anunciados em junho, receberão os troféus individualmente em uma série de apresentações.

Ler matérias arquivo:
Sport Marketing: Yelena Isinbayeva em frascos
Sport Marketing: Li Ning chega às pistas de atletismo!?
Sport Marketing: Usain Bolt e Yelena Isinbayeva atletas do ano

Redação Sport Marketing

Ação de marketing da Adidas mancha a marca

A Adidas está tendo que responder sobre uma festa realizada pela marca alemã de materiais esportivos, em uma casa decorada com símbolos que remetiam ao Terceiro Reich. A empresa alega que não sabia que entre os detalhes da decoração da casa alugada estavam símbolos nazistas que se misturaram à logomarca Adidas. A festa, ao invés de propiciar situações positivas de marketing, está manchando a reputação da marca, principalmente, depois que a notícia foi veiculada no Estadão a partir de um post no blog de João Paulo Cuenca, no Globo Online. O proprietário do imóvel, Luiz Fernando Penna, advogado, se defende afirmando que coleciona esculturas e objetos antigos em geral. Em nota, oficial, a Adidas afirmou que desconhecia a existência de símbolos nazistas na casa e lamentou o fato. “Os adereços citados pelo colunista João Paulo Cuenca fazem parte da decoração da casa e a relação dos mesmos com o nazismo não foi notada pela organização antes da realização da festa. A marca alemã de materiais esportivos esclarece ainda no comunicado que se soubesse que a casa possuía adereços que pudessem ser relacionados ao nazismo certamente solicitaria a pronta retirada dos mesmos ou uma mudança no local do evento”.
Redação Sport Marketing

Mastercard revela valores que movimentarão final da Liga dos Campeões

Um estudo encomendado pela Mastercard, um dos patrocinadores oficiais da Liga dos Campeões, mostra os números que a final entre Barcelona e Manchester United irá refletir. Times, cidade sede e organização vão lucrar com o evento. A decisão está avaliada em 310 milhões de euros para a economia europeia e dará ao vencedor um benefício de 110 milhões. O relatório demonstra também que as finalistas lucram com os impatos econômicos positivos, como o aumento do valor da marca da equipe, prêmio monetário, contratos de patrocínio, direitos televisivos e vendas de ingressos. A equipe que perder, também estará no lucro. O estudo calcula que a final valerá para o perdedor 65 milhões de euros. O jogo decisivo da Liga dos Campeões será realizado no Estádio Olímpico de Roma e vai gerar uma progressão econômica maior do que o ano anterior (267 milhões). Roma também irá arrecadar mais de 45 milhões de euros por receber a final da "Champions", resultado do comércio como gastos em bares, lojas, turismo, hotéis e nas atrações da cidade, juntamente com os patrocinadores que investem no marketing local.

Redação Sport Marketing

Liga dos Campeões promete superar níveis de audiência

A final da Liga dos Campeões entre Barcelona e Manchester United promete superar todos os níveis de audiência. O jogo decisivo da última temporada chegou aos 200 milhões de telespectadores só no Velho Continente. De acordo com uma pesquisa, 40% da população europeia pretende ver pela tv o encontro entre as equipes de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Em termos práticos, o aumento dos níveis de audiência poderá significar um fabuloso retorno financeiro para os dois clubes, valorizando as marcas dos times em todo o mundo. O Manchester United, por exemplo, recebeu 42,8 milhões de euros em direitos televisivos e prêmios provenientes da UEFA como vencedor da temporada 2007/08.

Redação Sport Marketing

UEFA faz alerta contra ingressos falsos

A falsificação de ingressos no final da Liga dos Campeões preocupa a UEFA. Num comunicado divulgado no seu "site", a UEFA recomenda às pessoas que não comprem ingressos por cambistas ou vendidos por pessoas nas ruas de Roma e justifica que a medida de prevenção se deve ao fato de ter sido detetada a existência de bilhetes falsos à venda no mercado negro. A UEFA destaca que a lotação do Estádio Olímpico de Roma está esgotada e que os ingressos originais foram marcados com um chip eletrônico, que será lido nas máquinas na entrada do estádio.


Redação Sport Marketing

Vical Transportes sai com presidente do São Raimundo

A Vical Transportes não é mais patrocinadora do São Raimundo do Amazonas. O patrocínio saiu pela mesma porta que o presidente Jairo Dias que não responde mais pelo cargo. A empresa era da família do cartola que pagava R$ 20 mil mensais ao São Raimundo. O novo presidente do clube é Davi Jerônimo que terá pela frente a missão de colocar a folha salarial em dia e arrumar um novo patrocinador para o time.
Redação Sport Marketing

Banco do Brasil pedalando com CBC

O Banco do Brasil é o novo patrocinador da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). De acordo com a CBC, o contrato cujos valores foram mantidos em segredo, será assinado ainda esta semana. O Banco do Brasil investiu cerca de R$ 209 milhões no último ciclo olímpico e também patrocina outras modalidades olímpicas como vôlei e futsal.
Redação Sport Marketing

Basquete do Flamengo faz acordo de patrocínio

A imprensa carioca divulga que o basquete do Flamengo acertou com a Raspadinha do Rio e a Loterj. O acordo será até o fim do Novo Basquete Brasil (NBB). Os valores do acordo e qual a mágica que o clube, que tem problemas fiscais vai fazer para rebecer a verba dos patrocinadores não foram divulgados. Recentemente, Diego Hypólito, da ginástica do clube, deu entrevista à imprensa anunciando que não recebe salários há dez meses e que o dinheiro do patrocínio da Prefeitura de Niterói não chegou aos bolsos dos atletas.
Ler matérias arquivo:
Redação Sport Marketing