26 de mai. de 2009

Vasco fecha patrocínio pontual

O Vasco da Gama fechou um patrocínio pontual. O clube carioca estampará a marca da empresa de combustíveis ALE. O contrato é válido para as duas partidas semifinais contra o Corinthians, pela Copa do Brasil. Os valores não foram revelados."A expectativa é positiva, pois o jogo terá uma grande repercussão nacional. Trata-se de dois grandes times muito comentados nos dias de hoje e não poderíamos perder este momento"- declarou o vice-presidente da ALE, Jucelino Sousa. O acordo pode ser estendido.
Redação Sport Marketing

USOC renova com Adecco

O USOC - United States Olympic Committe - Comitê Olímpico dos Estados Unidos renovou patrocínio com a Adecco. A negociação com a empresa de recursos humanos e administração de carreiras é de prestação de serviços. A empresa tem entre as metas ajudar atletas olímpicos a encontrar emprego que se ajuste aos horários de treinamento. Recentemente, o USOC teve a baixa da Home Depot, que não renovou o seu patrocínio, o qual incluía um extenso programa que empregava 86 atletas americanos. O USOC tem 17 dos 22 principais contratos de patrocínios renovados até os Jogos Olímpicos de 2012. Ainda estão pendentes as renovações com Bank of America e AT & T. O USOC está à procura de patrocinadores para substituir a Home Depot, General Motors e Kellogg's. Adecco trabalha com 23 equipes olímpicas em todo o mundo. Em março, o USOC demitiu 54 pessoas, 13% da força de trabalho, a fim de cortar orçamentos.
Ler matérias arquivo:
Redação Sport Marketing

Google pode patrocinar Brawn GP

Aumentam os rumores de que o Google pode ser o próximo patrocinador da equipe Brawn GP. As especulações começaram quando Larry Page, co-fundador da empresa de Mountain View, foi visto caminhando por perto do motor-home da Brawn GP, no GP de Mônaco, e somou-se aos boatos de que Richard Branson, dono da Virgin, atual patrocinadora da equipe, não está gostando do valor estipulado pela escuderia para manter o patrocínio. De acordo com a publicação GP Week alerta para a possibilidade do grupo Virgin deixar de patrocinar a BrawnGP.

Redação Sport Marketing

Avanço nas camisas do Corinthians

Tem pouca camisa para tanto patrocínio. Depois de passar por um período negro, o departamento de marketing do Corinthians agora vive dias de bonança! Sobram ofertas de patrocínio e a procura é tanta, que o time vendeu o espaço até das axilas dos jogadores. A marca que irá estampar o logotipo é a Avanço."A novidade é um desdobramento do patrocínio que começou com a marca Bozzano. O sucesso foi tão grande que decidimos estampar na camisa do time outra linha de produtos que tem tudo a ver com o universo masculino" - dissse Mel Girão, diretora da unidade de Beleza e Higiene Pessoal da Hypermarcas, detentora da Avanço. "É uma inovação muito grande. Colocamos Avanço num local onde ele realmente faz a diferença". Assim como Bozzano, Avanço é da Hypermarcas, dona do mais completo portfólio de marcas do Brasil, como Doril, Zero Cal, Risqué, Benegrip, Assolan, Salsaretti, Monange, Cenoura & Bronze, Gelol, Engov, entre outras. A Avanço permanece no uniforme corintiano até meados de 2010.
Redação Sport Marketing

Coritiba fecha com Bematech

O Coritiba fechou acordo a empresa Bematech. De acordo com informações divulgadas no site do time, a empresa é líder nacional em automação comercial e que tem matriz em Curitiba, estampará a marca na frente e nas costas da camisa do clube, válido para os jogos contra o Colorado gaúcho. “É com imensa satisfação que anunciamos mais um parceiro para duas partidas tão importantes e decisivas. Certamente eles estão contribuindo muito com a gente. Essa corrente positiva que está se formando é muito importante” - afirmou o presidente do clube, Jair Cirino dos Santos, no site oficial do clube. “Entendemos que apoiar um time local em franca ascensão num campeonato de expressão nacional vai ao encontro do interesse da companhia, que está reposicionando a sua marca, de tornar a Bematech mais conhecida do púbico em geral” - afirmou Rodrigo Rasera, diretor de marketing da Bematech, que pela primeira vez que entra no mercado do futebol.
Redação Sport Marketing

Cleveland Cavaliers negocia com grupo chinês

O Cleveland Cavaliers está em negociações com um grupo chinês que pretende adquirir até 15% das ações da equipe profissional de basquete norte-americano. O grupo inclui Huang Jianhua, um empresário chinês que negocia um número de patrocínios esportivos nos Estados Unidos e trata de franquias. A Huang Sportscorp também é parceira da Aspen Infrastructure Investment Corporation, empresa baseada em Nova York que investe em projetos de infra-estruturas na China e que tem laços estreitos com algumas empresas estatais chinesas. "É um grande mercado" - disse LeBron James. "Eles amam o jogo de basquete. Fui lá nos últimos quatro ou cinco verões. Deve ser bom. Deve ser divertido" - acrescentou. A imprensa americana especula que o negócio, que deve ser aprovado pelo conselho da NBA antes de ser finalizado, depende da aprovação de Dan Gilbert, sócio majoritário da franquia Cavaliers Operating Company, entidade que detém os direitos da equipe. Em 2004, Gilbert comprou os Cavaliers e os direitos de explorar a arena por US$ 375 milhões do ex-proprietário Gordon Gund. Se a venda for aprovada, poderá ser a grande jogada que a NBA esperava para ampliar no mercado chinês. A NBA tem expandido agressivamente a presença na China, com jogos exibição. A Major League Baseball (MLB) e da National Football League (NFL) foram também procuram novos negócios na China. Nike e Adidas estão fazendo o mesmo. Kobe Bryant e Serena Williams tentam capturar parte do público chinês com endosso de produtos. A NBA já é muito popular na China. Jogos são televisionados e há pelo menos meia dúzia de revistas dedicadas à NBA. Parte da popularidade é atribuído ao gigante chinês dos Rockets, Yao Ming. No Verão passado, James e Yao apareceu em um anúncio de tv da Coca-Cola durante os Jogos Olímpicos. Mas outros jogadores, como o Los Angeles Lakers, Bryant, são também muito populares entre os jovens chineses. Algumas empresas de materiais esportivos da China também estão ligadas no desenvolvimento da NBA. A Li Ning e Anta assinaram acordos com estrelas do basquete profissional norte-americano. O All-Star Shaquille O'Neal, do Phoenix Suns, tem contrato com a Li Ning.
Ler matérias arquivo:
Redação Sport Marketing

Eurostar a alguns lances dos Jogos de 2012

A imprensa inglesa destaca que o próximo patrocinador dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 será a Eurostar. Especula-se que a empresa que gere comboios através do túnel da Mancha, da França e da Bélgica, pretende gastar mais de US$ 30 milhões para se tornar um parceira dos Jogos. De acordo com jornais como o London Evening Standard, a Eurostar está entre uma série de outros patrocinadores estão em conversações para a mesma categoria de patrocínio, mas a Eurostar tem ligações internacionais fortes que a tornam favorita a adquirir os direitos exclusivos de uso da marca dos Jogos de Londres 2012 seus comboios.

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres

VANOC declara guerra contra pirataria

O VANOC - Vancouver Organizing Committee - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 em Vancouver éstá processando uma operadora de viagens local. A ação judicial empresa canadense Roadtrips é de venda ilegal de ingressos para os Jogos propaganda enganosa, entre outros. A Roadtrips estaria vendendo ingressos a preços muito superior do valor estipulado. "A Roadtrips não tem autorização para vender ingressos olímpicos e que é o que eles estão fazendo" - disse Dave Cobb, vice-presidente executivo do VANOC. "É perfeitamente legal e comum prática desportiva para venda de pacotes de viagens. Esta atividade é diferente da simples re-venda de bilhetes evento, que também é legal na maior parte do Canadá e dos Estados Unidos" - se defendeu o presidente da Roadtrips, Guenther David.
Redação Sport Marketing