30 de mar de 2009

CBF assume gerência da Série B

A CBF rompeu o contrato que mantinha com a Futebol Brasil Associados (FBA), que vinha gerindo a Série B do Campeonato Brasileiro desde 2002. Os motivos para o fim da parceria ainda não foram divulgados oficialmente. A informação partiu do site UOL Esporte que procurou o presidente da FBA, José Neves Filho, quem se mostrou surpreso com a notícia."Eu não sei a razão e não vi nenhum motivo, pois a FBA vinha em uma crescente. Estou aguardando algum comunicado para tomar uma providência, pois temos contrato com a CBF até 2010" - disse Neves Filho, à reportagem do UOL Esporte. Ele lembrou os outros acordos comerciais que possui como argumento contra o fim da parceria com a entidade que comanda o futebol brasileiro."Temos contratos com a Nova Schin, com a Penalty, e muitos outros para as placas. Ai que está o grande nó. Estou esperando algum comunicado para entender o porquê desta decisão unilateral". A CBF emitiu um comunicado no site oficial da entidade alegando que a ruptura com a FBA aconteceu após uma reunião entre dirigentes dos 20 clubes participantes da Série B deste ano, além do presidente da entidade, Ricardo Teixeira, do diretor técnico Virgílio Elísio e ainda do diretor da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto. Ainda de acordo com a mesma nota, a reunião serviu para que a CBF fosse instituída como a única gestora da Série B, além de os clubes e a Globo assinarem a cessão dos direitos de transmissão do torneio.

Redação Sport Marketing

Discussão sobre alterações na Lei Pelé é adiada

Foi adiado para quarta-feira (1º) o debate da Comissão de Turismo e Desporto sobre as mudanças propostas pelo Projeto de Lei 5186/05 à Lei Pelé (9.615/98). O novo encontro acontecerá no plenário 5. Entre os pontos incluídos no texto estão o direito de os clubes receberem percentual sobre futuras transferências de atletas formados na entidade e a extinção da figura do empresário na hora da assinatura dos contratos de atletas em formação - aqueles com mais de 12 e menos de 21 anos de idade.

Redação Sport Marketing

Nu, com a mão na vara

O francês Romain Mesnil, medalha de prata no Mundial de Atletismo em 2007 nas provas de salto com vara mostrou que está desesperadamente sem patrocínio. Inconformado por ter perdido o patrocínio da Nike, que no ano passado encerrou o contrato, o atleta pegou a vara em riste, ele saiu correndo pelado nas ruas de Paris. Mesnil gravou a ação em vídeo e colocou na internet. O vídeo ganhou fama na França, mas o atleta, até agora, não ganhou nenhum patrocinador. " Perdi o contrato por questões de orçamento e de estratégia. É a crise" – justificou Mesnil no site oficial. Clique aqui e confira o vídeo.

Redação Sport Marketing

Remo e Paysandu ganham reforços de patrocínio

O governo do Estado, por meio do Banco do Estado do Pará (Banpará), assinou um convênio com a Federação Paraense de Futebol (FPF), no valor de R$ 1.440.000,00, objetivando a concessão de patrocínio financeiro ao esporte paraense. Os recursos são destinados aos dois principais representantes do futebol no Pará, o Clube do Remo e o Paysandu Sport Club. A primeira parcela, no valor de R$ 360 mil, foi liberada no ato de assinatura do convênio. O valor restante será liberado em nove parcelas mensais, de R$ 120 mil. Por esse convênio o governo do Estado está repassando este ano à FPF R$ 2.580.000,00. Desse total, Remo e Paysandu ficam individualmente com a maior fatia – R$ 940 mil cada. Os R$ 700 mil restantes serão rateados entre os demais clubes que participam do campeonato estadual. Além do valor fixo, os clubes têm ainda uma pequena participação, em valores variáveis, na receita obtida pela mídia estática. Esse convênio terá vigência até 2013 e prevê, a cada ano, um acréscimo de R$ 500 mil. O presidente do Banpará, Edilson Rodrigues de Sousa, disse que o banco pretende, com esse convênio, valorizar e divulgar a marca, conferindo-lhe ampla visibilidade. A logomarca do banco será exibida nas camisas oficiais e de treino (frente e verso) dos jogadores do Clube do Remo e do Paysandu, além de mídia estática, incluindo placas e banners.

Redação Sport Marketing

Ministério do Esporte sofre corte de verba

Os orçamentos dos Ministérios do Turismo e do Esporte foram os que mais sofreram cortes. De acordo com informações divulgadas pelo governo federal por meio do Diário Oficial da União, o corte de R$21,6 bilhões do orçamento também atingiu os poderes Legislativo e Judiciário. Ambos os Ministérios tiveram um bloqueio superior a 85% do previsto para o ano de 2009. O Ministério do Esporte teve orçamento deste ano reduzido de R$ 1,37 bilhão para R$ 196 milhões, um recuo de 85,6%. A explicação é a previsão de um menor crescimento do país por causa da crise financeira mundial, o que resultará em uma arrecadação menor de impostos e contribuições federais. Com menos arrecadação, também há um espaço menor para gastos dos ministérios.

Redação Sport Marketing

Caixa Econômica empenhada por Copa do Mundo

A Caixa Econômica Federal de Mato Grosso do Sul estará empenhada no sentido de que Campo Grande seja escolhida pela FIFA como uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014.“Nós também abraçamos essa causa”- declarou superintendente da Caixa, Paulo Antunes, durante o evento de lançamento das obras de infra-estrutura urbana. No evento, o superintendente da Caixa exibiu um banner com mensagem de apoio a campanha campo-grandense pela Copa do Mundo de 2014 e encerrou o discurso com um vídeo sobre o Pantanal.“A Caixa estará sempre pronta para liberar os recursos que forem necessários para que a cidade de Campo Grande tenha uma qualidade de vida cada vez melhor. Desta forma terá todas as condições para sediar a Copa” - finalizou Paulo Antunes.

Redação Sport Marketing

Marketing Network Brasil foi impecável

Florianópolis em Santa Catarina foi palco da edição do 2009 Marketing Network Brasil, evento que reuniu executivos de marketing de diversos setores. Uma das ações com os executivos foi um jogo de Beach Soccer que contou com a participação de diversos executivos e dos ex-jogadores Ricardo Rocha zagueiro do tetracampeonato mundial e o ex-centroavante do Santos e Flamengo Claudio Adão. A arbitragem ficou por conta da assistente Ana Paula Oliveira. "O evento inteiro foi impecável, o nivel dos participantes do MNB 2009 foi excelente e os temas abordados foram de encontro as necessidade dos executvos presentes”- disse Eduardo Aidar - da Figer Marketing Esportivo, empresa responsável pela realização do evento. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Florianópolis sedia MNB;Sport Marketing: FIGER e 1818 estabelecem parceria vitoriosa;Sport Marketing: Figer aposta no aquecimento de mercado;Sport Marketing: Figer prepara clima no Camarote Unimed Fluminense;Sport Marketing: Figer orquestra exposição "Marcas do Rei").

Redação Sport Marketing

VANOC apresenta relatório trimestral

Apesar da desaceleração econômica, o Vancouver Organizing Committe - VANOC - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Vancouver (2010), revelou que está em boas condições financeiras. "Estamos em uma posição positiva. Mas isso não significa o VANOC irá organizar o evento sem prudência fiscal" - disse John McLaughlin, executivo do VANOC. Ainda assim, o relatório do VANOC para o trimestre que terminou 31 janeiro, destacou números altos comparados com os do trimestre anterior. O VANOC diferiu da receita de despesas operacionais de cerca de US$ 145,9 milhões, aproximadamente US$ 65,2 milhões a mais que no trimestre anterior. A boa notícia do relatório do VANOC é que a maioria das arenas estão quase prontas. O total do excedente das receitas sobre as despesas de desenvolvimento local no último trimestre foi de US $ 23,7 milhões, um excedente US$ 3 milhões em comparação com o trimestre anterior. O programa de licenciamento e merchandising duplicou as receitas durante o trimestre e gerou mais de US$ 94 milhões com valor de venda de ingressos.

Redação Sport Marketing

Seminário da FIFA inicia com "Programa de desenvolvimento"

Os temas "FIFA e programa de desenvolvimento do futebol no mundo", "Gestão dos clubes", "Estatuto e regulamentos" dominaram o primeiro dia do seminário sobre gestão administrativa e esportiva nos clubes, que está sendo realizado na sede da Federação Angolana de Futebol (FAF), em Luanda. Com duração de cinco dias, o seminário é dirigido por Jorge Baptista, membro da FIFA e pela secretária executiva da COSAFA, a sul-africana Sue Destombes. Esta é a primeira ação do gênero no país. Lançado em 2007 pelo presidente da FIFA, Joseph Blatter, sob o lema "Win in Africa with Africa" (Vencer na África com os africanos), o programa pretende instruir agentes esportivos. Ao longo da semana, os participantes debaterão ainda questões como planeamento, marketing, finanças e comunicação.

Redação Sport Marketing

Saatchi & Saatchi prepara campanha para Londres 2012

A agência Saatchi & Saatchi ganhou a licitação realizada pelo Nations and Regions Group - NRG, um conjunto de representantes de empresas britânicas e esportivas criado para garantir os benefícios dos Jogos Olímpicos. O processo foi tratado por Charles Allen, presidente do Grupo. A agência agora, terá como missão promover o legado positivo dos Jogos. A Saatchi & Saatchi pretende elaborar uma estratégia que irá comunicar os efeitos positivos dos Jogos a longo prazo. A campanha também tem como meta criar um legado social para o evento. Para tal, serão explorados os benefícios das atividades esportivas e de um estilo de vida saudável. O NRG é parte do LOCOG - London Organizing Committee Olmpic Games - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres

FIFA exige licença internacional a partir de 2012

A secretária executiva da Council of Southern Africa Football Associations - COSAFA, Sue Destombes, afirmou hoje, em Luanda, que a Federação Internacional de Futebol (FIFA) vai exigir licença de participação em competições internacionais a todos os clubes a partir de 2012. A sul-africana, que falava na abertura do seminário sobre gestão administrativa e desportiva nos clubes, iniciado na sede da federação Angolana de Futebol (FAF), afirmou que os clubes que não cumprirem com o estabelecido serão vetados de participar em qualquer evento internacional. Segundo a dirigente da COSAFA, o processo de aquisição da licenças já está em curso mediante o cumprimento de certas exigências, com destaque para as de aspectos organizacionais. "Uma das principais exigências para a obtenção da licença internacional é justamente a organização interna"- frisou. Hoje foram abordados os temas "FIFA e programa de desenvolvimento do futebol no mundo", "Gestão dos clubes" e "estatuto e regulamentos". Os participantes debaterão ainda ao longo da semana questões como planeamento, marketing, finanças, comunicação, gestão de eventos, entre outros. O evento tem como objetivo a melhoria da capacidade administrativa em termos de gestão. Trata-se da primeira ação do gênero no país, desde a fundação da Federação Angolana de Futebol em 1979.

Redação Sport Marketing

Visita à Alemanha prepara brasileiros para Copa 2014

Uma visita à Alemanha prepara dezenove profissionais brasileiros envolvidos na preparação das cidades-sede da Copa de 2014. A visita técnica acontece até o próximo sábado, dia 4, e tem como objetivo observar e assimilar as práticas de sucesso adotadas pelos alemães na realização da Copa do Mundo FIFA de 2006. Faz parte da programação do grupo uma visita a Frankfurt, centro econômico europeu, onde estão concentradas organizações como a Associação Alemã de Futebol, grande parte das organizações turísticas não-governamentais, além do órgão equivalente ao Ministério do Turismo na Alemanha, o German National Tourist Board. Também estão no roteiro as cidades Kaiserslauter e Konigstein, pequenas comunidades que receberam jogos da Copa. A iniciativa faz parte das ações do Projeto Excelência em Turismo – Aprendendo com as Melhores Experiências Internacionais, uma iniciativa do Ministério do Turismo e da Embratur. Também são parceiros o Sebrae e a Associação Brasileira de Operadoras de Turismo (Braztoa).

Redação Sport Marketing

Villarreal cria ação inusitada

O clube espanhol Villarreal irá oferecer ingressos grátis para torcedores desempregados. A decisão será por toda a temporada 2009/2010. "A idéia é pensar no número de torcedores de nossa sociedade que tiveram a falta de sorte de se encontrarem hoje sem um trabalho e sem a chance de continuarem vindo ao estádio para assistir futebol"- declarou Fernando Roig, presidente do time. Para oferecer estes ingressos, o clube pretende fazer um fundo interno. A contribuição de sócios não será obrigatória. "Todos nós que formamos este clube, incluindo diretores, equipe técnica, jogadores e patrocinadores devemos contribuir neste fundo comunitário, na tentativa de compensar para aqueles que estão desempregados" - acrescentou o presidente. O Villarreal ocupa a quarta colocação do Campeonato Espanhol.

Redação Sport Marketing

USOC fecha contrato com Deloitte

O USOC - United States Olympic Committee - Comitê Olímpico dos Estados Unidos, assinou novo contrato de patrocínio. A empresa Deloitte será a primeira parceria da nova categoria de patrocínio criado pelo USOC - serviços financeiros e fiscais. Os valores do contrato com a Deloitte não foram revelados, mas o acordo vigora até 2012 para as seleções olímpicas e paraolímpicas. O contrato inclui os Jogos Olímpicos, Paraolímpicos de 2010 (inverno - Canadá), 2012 (verão - Londres), Jogos Olímpicos da Juventude 2010 (verão - Cingapura) e Jogos Pan-americanos 2011. "Acreditamos que a comunidade empresarial tem um poderoso papel a desempenhar junto as organizações sem fins lucrativos, a fim de ajudar a entregar resultados" - disse Barry Salzberg, CEO da Deloitte LLP. "Estamos orgulhosos em acolher a Deloitte entre os membros da família de patrocinadores"- disse Stephanie Streeter, executivo do USOC. A Deloitte é a 18a empresa sob contrato com o USOC para os próximos quatro anos. Especula-se que a maioria dos patrocinadores USOC pagam entre US$ 10 milhões e US$ 15 milhões pelo quadriênio. O USOC ainda está trabalhando na renovação com o Bank of America e AT & T e está procurando novos patrocinadores nas categorias automóvel, produtos para o lar e cereais para substituir a Home Depot, Kellogs. Em um acordo separado, as filiais da Deloitte vão fornecer serviços para a candidatura de Chicago aos Jogos Olímpicos de 2016. (ler matérias arquivo Sport Marketing: USOC reduz máquina administrativa por causa da crise;Sport Marketing: COI e USOC discutem divisão de receitas;Sport Marketing: United Airlines e USOC renovam acordo;Sport Marketing: Dilema de marketing divide opiniões na natação ... ).

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos

Puma fecha com rugby irlandês

A Irish Rugby Football Union - IRFU - União Irlandesa de Rugby - fechou novo acordo de patrocínio com a Puma. A fabricante de materiais esportivos irá abastecer a seleção irlandesa de rugby pelos próximos oito anos, a partir do início da temporada 2009/2010. Os valores do novo acordo não foram revelados. "A IRFU está encantada para na relação de clientes da Puma, uma organização, que não só entende de rugby, mas que também tem uma larga experiência comprovada no esporte. Com toda a comprovada experiência técnica, design de produtos inovadores e desenvolvimento de sistemas de apoio, estamos muito animados com o business fechado com a Puma e aguardamos com grande expectativa que esta seja uma parceria muito bem sucedida" - disse Philip Browne, CEO da IRFU.

Redação Sport Marketing

Futebol chinês se prepara para ser potência no futuro

Em um mercado globalizado, abalado mundialmente por problemas financeiros, a China se prepara para desenvolver um futebol de alto nível e exportar, num futuro próximo, novos talentos, disputando os gramados do sport business com outras nações na mesma região tais como: Coréia, Japão e Irã. Mas, o que falta para que a República Popular da China entre definitivamente neste mercado? Especialistas afirmam que a crise entre a Federação e o treinador têm tirado a China de importantes competições internacionais e, por consequência, os jogadores têm menor visibilidade. Nos Jogos Olímpico de Biejing, por exemplo, a China foi eliminada rapidamente, o que impediu que o mercado europeu e mundial se familiarizasse com o futebol asiático. Existe também outro ponto a ser analizado: os preços impostos pelos dirigentes chineses são altos para a Europa. No Japão, entretanto, o quadro parece ser diferente. As equipes já tiveram jogadores brasileiros e ocidentais, o que mostra uma maior flexibilidade dos japoneses nas negociações. Alguns presidentes e gerentes esportivos alegam também que a discriminação racial é um fator negativo contra o jogador chinês que tem mais dificuldade em se habituar à vida europeia. Além disso, os europeus acreditam que pode levar vantagem com patrocínios, mas a China não é o Japão e nem o Brasil. Na China, por exemplo, as emissoras de tv são estatais e não existe tv a cabo, não há "pay per view", um importante fator que influencia o mercado em termos de patrocínio. O que leva a crer que o futebol chinês pode ser considerado uma boa opção de futuro, ou seja, uma saída para times e equipes que tenham planejamento e que não primem pelo rendimento imediato. A longo prazo, a China pode se tornar uma potência de futebol, estádios e merchandising já estão crescendo, principalemnte após a realização dos Jogos Olímpicos. É esperar para ver. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Nike pretende investir forte na China; Sport Marketing: Adidas em saia justa na China; Sport Marketing: Adidas abre maior loja do mundo na China ; Sport Marketing: Pirelli corre atrás do futebol chinês; Sport Marketing: China barra Coca-Cola; Sport Marketing: Li Ning patrocina Jogos da China; Sport Marketing: Especial: Li Ning, a marca que venceu Nike e Adidas; Sport Marketing: Jelena Jankovic fecha contrato com marca chinesa ; Sport Marketing: China estará livre de ressaca econômica pós-olímpica; Sport Marketing: Carrefour cancela campanha na China ;Sport Marketing: Nike aposta no basquete americano na China ;Sport Marketing: Beijing, marca a história do marketing olímpico;Sport Marketing: Especial: Li Ning, a marca que venceu Nike e Adidas;Sport Marketing: Club Bud promete ser a sensação em Beijing).

Jing Wang - Correspondente Sport Marketing - China

Rogge vê América do Sul como sede olímpica em 10 anos

O presidente do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, afirmou durante entrevista coletiva em Wellington, que a América do Sul e a África podem ter a oportunidade de sediar os Jogos Olímpicos em uma década. "Estou absolutamente convencido de que com o tempo, a médio prazo, acredito que em uma década, terão a possibilidade" - disse o belga. "Gostaríamos de ver os Jogos Olímpicos organizados em todos os continentes e subcontinentes" - acrescentou. A declaração não foi um banho de água fria para o Comitê Rio 2016 que segue firme em viagem internacional, a fim de tornar o sonho olímpico na América do Sul uma realidade já 2016, já que o Rio de Janeiro é finalista para a eleição final, que acontecerá em outubro em Copenhague e na qual enfrentará Chicago, Tóquio e Madri. (ler matérias aquivo Sport Marketing: RIO 2016 inicia turnê para intensificar campanha; Sport Marketing: Conselho das Américas apóia Rio 2016 ; Sport Marketing: Rio 2016 representa o esporte da América; Sport Marketing: Rio 2016 participa da Sportaccord; Sport Marketing: RIO 2016 faz apresentação oficial na Sportaccord;Sport Marketing: RIO 2016 participa do Movimento 'Hora do Planeta'; Sport Marketing: Roda Rio 2016 girando patrocínio até maio).

Redação Sport Marketing

Fifa Interactive Cup reúne 192 jogadores no Pacaembu

A Fifa Interactive Cup, evento que serve como eliminatória para o campeonato mundial, realizado em Barcelona, na Espanha, reuniu 192 jogadores, além de dezenas de pessoas que ficaram somente na torcida. O evento aconteceu no Estádio do Pacaembu, em São Paulo e contou com a participação de competidores de todas as idades - acima dos 16 anos, idade mínima permitida - que mostraram habilidades com a bola nos pés de jogadores virtuais, controlados por um joystick, no caso o do PlayStation 3, plataforma utilizada no torneio organizado pela Eletronic Arts. Mesmo virtual, a disputa lembra uma partida de futebol de verdade. Os jogadores entram lado a lado, muitos deles utilizando camisas de times. Entre os times internacionais, os ingleses como Manchester United e Chelsea foram os favoritos; entre os brasileiros, o líder disparado foi o Corinthians. A torcida fez um espetáculo á parte. O mais "perseguido" pela torcida foi o mexicano Ruben Morales Zerecero, 19 anos, campeão do ano passado. As partidas de Ruben eram marcadas por uma forte torcida contrária, que vibrava a cada lance errado ou gol sofrido pelo mexicano. Após 6 horas de disputas, "o mexicano", como é conhecido, confirmou o favoritismo, derrotando de virada o paulista Sergio Pires, 19, e ganhando pela segunda vez a vaga latino-americana para o mundial, além de um videogame PlayStation 3.

Redação Sport Marketing

Seleção da Bulgária estende acordo de patrocínio

A empresa búlgara de telecomunicações móveis, a Globul, estendeu contrato de patrocínio com a Bulgarian Football Union (BFU), União Búlgara de Futebol. Os valores do contrato não foram divulgados. O contrato terá validade até 2010. Sob os termos do acordo, a Globul continuará como parceira oficial na categoria operadora de telecomunicação móvel e vai anunciar a marca e serviços por meio de ações com as equipes de futebol do país. A Globul irá também atribuir um bônus especial à seleção, caso se classifique para a Copa do Mundo FIFA de 2010, na África do Sul. "É uma das principais prioridades da política da companhia de patrocínio. A estensão do patrocínio à seleção de futebol da Bulgária está entre as mais importantes atividades da Globul, assim como o apoio aos esportes e atletas do nosso país"- declarou a empresa em comunicado oficial. A Globul e a seleção de futebol búlgara são parceiros desde 2003. O acordo foi negociado pela empresa de marketing da BFU, a SPORTFIVE.

Redação Sport Marketing

AIG segue na camisa do Manchester United

A AIG, patrocinadora do Manchester United, está lutando para fornecer as restantes 14 milhões de libras esterlinas que ainda restam a pagar pelo contrato de patrocínio com o time inglês. Mas, os opositores são muitos. Os relatórios sugerem que a AIG pode solicitar novo empréstimo ao governo dos Estados Unidos, mas não conta com o apoio dos contribuintes americanos, depois do escândalo sobre os bônus pagos aos altos executivos. De acordo com o jornal The Guardian, membros do partido democrata sugeriram que a AIG abandone o contrato de patrocínio com o Manchester United, alegando que a empresa está agora nas mãos do governo dos Estados Unidos e, portanto, não pode agir como investidor privado. Como resultado das promessas feitas pela empresa, o Manchester United segue usando o logotipo da AIG na camisa. O clube já iniciou uma busca frenética por novos patrocinadores para substituir AIG no final do contrato, netre elas a Samsung. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Manchester United apresenta proposta para Samsung; Sport Marketing: Tata Group estuda proposta do Manchester United ;Sport Marketing: Budweiser e Manchester United renovam a parceria).

Redação Sport Marketing

Puma completa 10 anos patrocinando esportes a motor

Depois de uma bem sucedida parceria com o Gumball 3000 Rally, em 2008, evento que vai de São Francisco à China, a Puma renovou o patrocínio com o evento para este ano. A marca de materiais esportivos alemã, será a patrocinadora exclusiva de sportlifestyle. A participação da Puma no Gumball 3000 Rally reforça ainda mais a credibilidade da marca no esporte, e é uma plataforma para comemorar o aniversário de 10 anos da marca como ícone dos esportes a motor. A largada do evento está marcada para o dia 1 de maio, em Los Angeles e passará por Las Vegas, Grand Canyon, Santa Fé, Dallas, Orlando, Nova Orleans e Miami. A Puma trará o design único da moda desenvolvida para esportes a motor e também usará o evento como plataforma para ações de marketing ao longo das 3000 milhas do evento, realizando inclusive ações de hospitalidade, convidando personalidades e celebridades para conduzir três carros no rali, que irão juntar-se ao rali de Hollywood. Além das celebridades e fãs, todos os 120 carros do Gumball 3000 Rally serão adesivados com o logotipo da Puma além da assinatura Puma em todos os kits e materiais de divulgação. Como parte do patrocínio da marca no rali, a Puma lancará uma edição limitada de tênis e camisetas do evento que estarão à venda nas lojas nas cidades por onde passar o rally. A participação da Puma nos esportes a motor começou há 10 anos e, hoje, a marca alemã é fornecedora oficial de cateforias, equipes e pilotos da F1, Nascar e MotoGP. As emoções do Gumball 3000 Rally estarão à disposição do público no novo site pumamotorsport.com a partir de abril, onde serão disponibilizadas fotos exclusivas, vídeos e blogs.

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos

RIO 2016 inicia turnê para intensificar campanha

O Comitê Organizador RIO 2016, fechou a Sportaccord, evento realizado em Denver, com uma ótima imagem e agora parte para uma sequência de reuniões na Oceania, África, Catar e Londres a fim de intensificar a campanha internacional do Brasil a sediar os Jogos Olímpicos. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva também participará das visitas ao Catar e Londres. O Secretário-Geral do Rio 2016, Carlos Roberto Osório, inicia a semana de reuniões, com uma apresentação durante a Assembléia Geral da Oceania Comitês Olímpicos Nacionais, em Queenstown, Nova Zelândia. "Nossa apresentação esta semana na Assembleia Geral será atestam a calorosa recepção que recebemos recentemente em Denver, quando apresentamos a visão do Rio para um público composto essencialmente por representantes das federações esportivas internacionais e das principais figuras da indústria esportiva. A nossa apresentação, na terça-feira desta semana, vai falar sobre as necessidades específicas e as preocupações dos presidentes de CONs (Comitês Olímpicos Nacionais), na condução em todos os aspectos-chave da nossa proposta que contribuirá para o sucesso dos atletas e das organizações " - afirmou Osório. O diretor de marketing e comunicação Rio 2016, Leonardo Gryner, também acompanha a delegação do presidente Lula para Doha, Qatar esta semana. O presidente Lula participará das reuniões bilaterais com uma seleção de Chefes de Estado do Oriente Médio para apresentar a visão do RIO 2016 para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. Agberto Guimarães, diretor de esportes do RIO 2016 estará viajando com uma delegação governamental para Nairóbi, no Quênia para apresentar detalhes da candidatura do Rio de Janeiro durante a reunião das Nações Unidas-HABITAT. Por último, o Presidente Lula vai encerrar a semana em Londres, com vários outros líderes governamentais, onde encontrará com o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê de Candidatura RIO, Carlos Arthur Nuzman.

Redação Sport Marketing

F1 serve de vitrine dos carros de passeio Mercedez

A primeira corrida da temporada 2009 da F1, realizada na Austrália, marcou também a estréia do novo modelo da Mercedes-Benz de safety car. O modelo do carro madrinha 2009 é o SL 63 AMG, que ganhou algumas novidades, como suspensões atualizadas, sistema de tração, com ESP de três etapas, quatro enormes discos de freio de cerâmica e um sistema de refrigeração redesenhado.Vale lembrar que o novo SL 63 AMG pesa 220 kg a menos que o antecessor, graças aos componentes de plástico reforçados com fibra de carbono que foram introduzidos na nova geração. O desempenho do carrão pode ser visto ao longo das corridas de F1 da temporada, quando o carro de segurança precisar entrar na pista.

Redação Sport Marketing

Vôlei americano ataca com novidades de marketing na temporada 2009

A seleção americana de vôlei selecionou a empresa 'Event Management and Merchandise' (EM2)como empresa responsável por fornecer produtos de merchandising e pelas vendas on line. Os valores do contrato não foram divulgados, mas o acordo é de quatro anos, inlcuindo os Jogos Olímpicos de 2012. "O vôlei dos Estados Unidos está animado com a nova parceria com a EM2 que irá somar qualidade visual do nosso campeonato, eventos e sobre a venda de produtos aos torcedores e público em geral" - disse Klostermann Kerry secretário geral da associação de vôlei. A EM2, baseada em Austin, Texas, proporcionará produtos oficiais mercadoria para três campeonatos de vôlei nos Estados Unidos: adulto (USA Adult Open Championships), júnior masculino (USA Junior Olympic Boys’ Volleyball Championships) e júnior feminino (USA Junior Olympic Girls’ Volleyball Championships). Além disso, o papel da EM2 como loja on line oficial será para criar e comercializar produtos licenciados, bem como prestar atendimento de serviços. A associação americana de vôlei enviou propostas para 14 empresas e recebeu lances de oito dessas empresas."Assim que a loja on-line for lançada haverá um link no site oficial da associação que tem mais de 240.000 membros registrados, 12.000 equipes e 5.000 clubes a nível nacional. Com um orçamento anual no valor superior a US $ 11 milhões de dólares, a E.U.A. Voleibol também anunciou que fechou contrato com a Mizuno E.U.A., Inc., líder mundial em equipamentos e materiais esportivos. A fabricante será fornecedora exclusiva e oficial de tornozeleiras e braçadeiras para a Associação. Em setembro de 2008, a Mizuno renovou o acordo de patrocínio com a E.U.A. Voleibol e permaneceu como fornecedora de uniformes e tênis das equipes nacionais e olímpicas masculina e feminina. A Mizuno oferece produtos de alto desempenho para o vôlei da cabeça aos pés, oferecendo uma linha completa de alta performance como tênis, uniformes, equipamentos, bolsas e equipamentos de proteção. A variedade de produtos da Mizuno para o vôlei é inigualável. A tornozeleira Mizuno DXS está disponível em modelos específicos para os pés esquerdos e direitos, proporcionando um melhor ajuste e melhor apoio do lado exterior de cada tornozelo, onde é mais comum ocorrer entorse lateral. O produto proporciona uma melhor amplitude de movimento, permitindo a articulação do tornozelo e joelho, reduzindo o risco das lesões de joelho. "Estamos muito orgulhosos de sermos reconhecidos como fornecedores exclusivos e oficiais de tornozeleira e braçadeira do vôlei americano" - disse Dick Grapenthin, vice-presidente e gerente geral da divisão de vôlei da Mizuno E.U.A. "A Associação Americana de Vôlei está extremamente satisfeita em ampliar a nossa parceria com a Mizuno" - ressaltou Klostermann Kerry. Além da Mizuno, mais 13 empresas também patrocinam a Associação Americana de Vôlei tais como Molten, Hilton, Bank of America, Spalding.

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos