27 de mar de 2009

Jogos da Juventude terão Revezamento mundial da Tocha

A primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude (Verão) terá o Revezamento mundial da Tocha Olímpica garantido. De acordo com o presidente do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI), o belga Jacques Rogge, a decisão de interromper o Revezamento mundial da Chama Olímpica começa a valer apenas daqui a quatro anos. A decisão de interromper o Revezamento mundial da Tocha Olímpica foi tomada durante o encontro da Comissão do COI, em Denver. Os problemas de segurança, criados por manifestantes durante os Revezamentos dos Jogos de Turim (2006 - inverno) e Beijing (2008 - verão) tornaram o veredicto inevitável. Os organizadores dos Jogos Olímpicos da Juventude de Cingapura têm a intenção de conduzir a Tocha por cinco continentes antes da competição começar. Assim, com a aprovação do COI, a chama será acesa na Grécia e será levada para cinco cidades dos cinco continentes (África, América, Ásia, Europa e Oceania), a fim de servir como estímulo para o esporte universitário e de base. "É realmente um conceito muito interessante e é algo que pode criar um emoção e paixão, sem o risco que um Revezamento da Tocha poderia trazer" - disse Ng Ser Miang, presidente da comissão organizadora dos Jogos de Cingapura. Também haverá um Revezamento da Tocha em Cingapura. O Comitê Organizador dos Jogos da Juventude não revelou as cidades que serão escolhidas e nem quando o Revezamento irá começar. Em cada cidade, a Chama Olímpica será recebida em uma festa centrada para a juventude. A primeira edição do evento irá acontecer entre os dias 14 a 26 de agosto de 2010. Os Jogos terão aproximadamente 3.600 atletas de 205 CONs - Comitês Olímpicos Nacionais. Espera-se a presença de 800 representantes da mídia, 20.000 voluntários locais e internacionais, e mais de 500.000 espectadores. Poderão participar do evento atletas com idade entre 14 e 18 anos que vão competir em 26 esportes, e também tomar parte em atividades culturais e educacionais, que serão parte significativa dos Jogos. (ler matérias arquivo Sport Marketing: COI termina com Revezamento Mundial da Tocha Olímpica; Sport Marketing: VISA apóia Jogos Olímpicos da Juventude 2010; Sport Marketing: Cingapura lança logo dos Jogos da Juventude).

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos

SEME promove evento voltado para gestão

O Centro de Documentação e Biblioteca - CDB, da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação - SEME, da cidade de São Paulo, realiza o II Encontro de Gestão da Informação e do Conhecimento em Acervos Esportivos no Estado de São Paulo. O evento que acontece entre os dias 27 a 29 de abril de 2009 tem como objetivos: promover a interação de Profissionais e Instituições para discussão das práticas de gestão do conhecimento e organização da informação esportiva e áreas relacionadas e concretização de parcerias com os organismos gestores de informações esportivas - públicas e privadas. A inscrição é gratuita e informações pela página do evento: http://portal.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/esportes/servicos/biblioteca/0038.

Redação Sport Marketing

Oficial: Grupo Virgin é o mais novo patrocinador da Brawn GP

Agora é oficial, o Grupo Virgin é o mais novo patrocinador da Brawn GP, equipe dos pilotos Jenson Button e Rubens Barrichello. O inglês Bernie Ecclestone, proprietário dos direitos comerciais da F1, anunciou em entrevista ao jornal The Times. "Virgin e Brawn chegaram a termos comerciais que Branson considera viáveis e ambos estão felizes" - disse Ecclestone sobre Richard Branson, proprietário do Grupo Virgin. "Eu estive empurrando, empurrando, empurrando e estou satisfeito que tenham um acordo. É bom para a equipe e para a Fórmula 1"- completou. De acordo com o diário britânico, o ajuste entre as duas partes deve ser anunciado com a chegada de Branson a Melbourne. Na última quinta-feira, anunciamos que a Brawn GP anunciou a empresa de moda Henri Lloyd como primeira patrocinadora. A Virgin seria a principal parceira da equipe de Ross Brawn e poderia mudar até mesmo as cores do carro, atualmente branco, a partir da segunda corrida da temporada, na Malásia. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Brawn GP fecha patrocínio; Sport Marketing: Grupo Virgin pode patrocinar Brawn).

Redação Sport Marketing

COI e USOC chegam a um acordo de paz

O IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional aceitou entrar em um acordo com o USOC - United States Olympic Committee com relação ao sistema de divisão de receitas advindas do programa de marketing olímpico. Sob o atual acordo, o comitê norte-americano recebe cerca de 12,75% dos direitos de TV dos Jogos negociados nos EUA e 20% do marketing. O COI ameaçava romper o compromisso caso o USOC não aceitasse diminuir a fatia do bolo das receitas que é a maior entre todos os 220 CONs - Comitês Olímpicos Nacionais vinculados à entidade. Gerhard Heiberg, presidente da Comissão de Marketing do COI, levou para a reunião uma delegação de três membros do COI, que incluiu Denis Oswald, presidente da Association of Summer Olympic International Federations - Associação Internacional de Federações Olímpicas e Mario Vazquez Raña, presidente da Association of National Olympic Committees - Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais. Como resultado do encontro, o USOC concordou com o princípio de participação nos custos dos Jogos a um nível adequado. Em função do ambiente econômico ter mudado desde 1996, a COI e o USOC concordaram em discutir a questão da repartição das receitas em 2013 para o período após 2020. O COI e as delegações do USOC concordaram em continuar a trabalhar de boa fé e com espírito construtivo e de se reunirem novamente antes do final do ano. Empresas norte-americanas são a principal fonte de receita do COI. A NBC, por exemplo, pagou cerca de US$ 895 milhões pela transmissão dos Jogos de Beijing. Já toda a Europa desembolsou US$ 443,5 milhões.

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos

RIO 2016 participa do Movimento 'Hora do Planeta'

A candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 participará da manifestação “Hora do Planeta”, um ato simbólico no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a demonstrar sua preocupação com o aquecimento global e as mudanças climáticas. A Roda Rio 2016, montada no Forte de Copacabana para divulgar o projeto olímpico da cidade, será desligada no sábado, dia 28, entre 20h30 e 21h30. Com o equipamento desligado e as luzes das gôndolas apagadas, serão projetados na Roda Rio 2016 dados sobre o aquecimento global. No local, uma equipe da WWF Brasil, organizadora do evento no país, dará informações sobre o assunto para a população. A Hora do Planeta pretende contar com a participação de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. O Rio de Janeiro foi a primeira cidade brasileira a aderir ao projeto. “Uma das bases da candidatura Rio 2016 é a responsabilidade ambiental em todas as suas ações. Nada mais natural do que unir forças nessa campanha mundial para melhorar a qualidade de vida no planeta”- disse o Diretor de Marketing e Comunicação Rio 2016, Leonardo Gryner. O movimento Hora do Planeta começou em 2007, em Sydney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades de 35 países participaram do movimento. Este ano, já são mais de 2.000 cidades inscritas em 81 países. A Roda Rio 2016 funciona de quinta-feira a domingo, das 14h às 22h, e tem ingressos com preços populares: R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia).

Redação Sport Marketing

Ferrari lança novo site com blogs de pilotos

A Ferrari está se preparando para estrear um novo site oficial no próximo domingo, dia 29 de março, simultaneamente ao primeiro GP da temporada 2009 da F1, em Melbourne na Austrália. No novo site, os torcedores da escuderia italiana poderão conhecer um lado diferente da Ferrari e terão acesso a novas informações sobre a empresa. O site terá diferentes seções interatividade e conteúdos exclusivos, além de oferecer algo único no gênero: a Maranello Experience, que dá aos fãs a possibilidade de visitar a sede da escuderia. Os usuários poderão conhecer mais de perto o mundo da Ferrari e até mesmo disputar uma corrida virtual no circuito de Maranello, contra ninguém menos do que o ex-piloto alemão Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial. Os usuários poderão visitar cada edifício da sede da escuderia italiana e sentir a emoção de descobrir os lugares onde são criados os carros da Ferrari. Além disso, os pilotos Felipe Massa e Kimi Raikkonen terão blogs no site.

Redação Sport Marketing

Vitória vai incorporar número ao nome

O Vitória vai mudar de nome. O time rubro negro passará a se chamar Vitória 1899 a partir de 13 de maio. A mudança será em homenagem aos 110 anos de fundação do clube e ainda depende de aprovação do conselho do time e da simpatia dos torcedores. "Se tudo der certo, a partir do próximo ano, podemos mudar judicialmente o nome do time. Por enquanto, a alteração vale para esta temporada"- disse. A novidade tem o objetivo de reforçar a comemoração dos 110 anos de existência do clube. "Para que o clube marque a temporada e mostre a longa história, a estratégia de marketing seria mudar o nome. Vitória 1899 diz que o time tem tradição"- explicou Azevedo. O leão já deve atuar com o novo nome no início do Campeonato Brasileiro. Para isso, vai ganhar novo uniforme. Nesta mesma época será lançada a pedra fundamental de um memorial do time no Barradão. Além do museu, o espaço esportivo também deve contar com um restaurante, espaço de shows e loja oficial. As reformas no Barradão vêm aliadas à mudança do nome, que deve passar a ser Arena 1899. "Mudando de estádio para arena traz a ideia de modernidade e o 1899 a tradição do clube. O Vitória quer ser assim, tradicional, mas olhando para o futuro".

Redação Sport Marketing

1 milhão de pedidos de ingressos para Copa de 2010

A FIFA já recebeu mais de 1 milhão de pedidos de ingressos para a Copa do Mundo de 2010. As solicitações partiram de mais de 160 países diferentes. Reino Unido e Estados Unidos lideram os pedidos de compra. Esse número, segundo a entidade, inclui apenas os pedidos feitos pela internet, no site oficial do torneio, e não computa os ingressos adquiridos em bancos por torcedores sul-africanos, a preços especiais. A primeira sessão de vendas foi aberta em fevereiro e se encerra na terça-feira, dia 31. Apenas 743 mil ingressos estavam à venda nesta etapa. No mês que vem haverá um sorteio para definir quem ficará com os ingressos. Até agora, as vendas foram para jogos definidos apenas na tabela básica - para determinado estádio, em determinada data -, pois só há uma seleção garantida no Mundial, a própria África do Sul, e ainda não há definição de grupos e cabeças-de-chave. A segunda fase de vendas começa no dia 4 de maio e vai até 16 de novembro. Os valores dos ingressos variam entre US$ 80 para jogos da primeira fase, à exceção da abertura, até US$ 900 (R$ 2,04 mil), preço da entrada mais cara para a final.

Redação Sport Marketing

Rei Pelé x Flamengo

O Rei Pelé, durante evento, em Curitiba, voltou a criticar a gestão do Flamengo. Pelé lamentou o estado do time da Gávea e culpou a falta de honestidade como fator preponderante. "Se fossem honestos na administração, só com a venda de produtos eles montariam um time" - declarou o Rei. Essa não foi a primeira vez que Pelé critica o time da Gávea (ler matéria arquivo Sport Marketing Pelé cita Flamengo como exemplo negativo de marketing e ... ). O vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Kleber Leite, até concordou com as palavras do ex-jogador e fez uma ressalva grave. "A colocação é perfeita. O Pelé tem toda a razão. Mas o momento mais nebuloso da história do Flamengo teve a participação dele. O desaparecimento de US$ 80 milhões que o Flamengo paga até hoje. Ele estava na farra da ISL" – disse o dirigente. A matéria do repórter Eduardo Peixoto, do Globoesporte.com relembra que no início dos anos 2000, o Flamengo fechou uma parceria com a empresa de marketing esportivo ISL. Se alguém tem conhecimento das falcatruas que ocorreram aqui chama-se Pelé. Ele tem conhecimento de causa. Houve roubo aqui, inclusive com a participação dele no processo. Não estou dizendo que ele é ladrão, mas sim que ele entende o que ocorreu aqui" – afirmou Kleber Leite ao Globoesporte.com. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Começa o julgamento do caso FIFA - ISMM/ISL; Sport Marketing: Marketing do Flamengo ganha prêmio mico 2008).

Redação Sport Marketing

Buckingham Group irá construir arena de handebol dos Jogos de 2012

A empresa Buckingham Group Contracting irá construir a arena de handebol dos Jogos Olímpicos de 2012. Obra está prevista para começar no verão e terá 7000 lugares e, após os Jogos Olímpicos, se tornará um espaço uma arena multiuso (basquete, boxe, handebol, badminton, vôlei). A capacidade do estádio foi cortada de 12.000 para 7.000 lugares em junho do ano passado após temores de que poderia se tornar um elefante branco. Levou quase um ano para encontrar um contratante após lances para o projeto foram convidados, em maio de 2008. Os custos da obra não foram divulgados. O Buckingham Group foi selecionado a partir de uma lista de seis empresas que concorrem para o contrato. A empresa construiu uma série de eventos esportivos, incluindo o estádio MK Dons em Milton Keynes.

Redação Sport Marketing

Atos Origin e COI assinam contrato de extensão de patrocínio olímpico

O IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) garantiu um dos mais importantes parceiros do programa TOP de marketing. Conforme o Sport Marketing informou, em primeira mão, em matéria dia 23 de março, a Atos Origin renovou contrato com o COI até 2016. O anúncio oficial do contrato foi realizado hoje durante reunião da comissão do COI em Denver. A empresa especializada em tecnologia de informação e dados está entre os patrocinadores mundiais do COI desde 2002. Especula-se que o acordo está em torno de US$ 100 milhões. Em 2008, a empresa forneceu, entre outras coisas, 1000 servidores e 5000 terminais de computadores aos Jogos de Beijing, e foi responsável por mais de 200.000 crachás. "Cada edição dos Jogos Olímpicos serve como um centro de investigação e formação terreno para os 46.000 funcionários da empresa" - disse Bernard Bourigeaud, diretor da Atos Origin. Uma das funções da Atos é garantir a segurança de dados dos Jogos, sendo responsável pela prevenção hackers, evitando que acessem dados ou danifiquem os Jogos Olímpicos. A empresa utiliza múltiplos servidores para melhor detectar incidentes sobre o sistema local. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Atos Origin em vias de estender patrocínio olímpico; Sport Marketing: Atos Origin fecha contrato com IPC).

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos

Clubes ingleses resistem à crise

Os times de futebol da Inglaterra parecem ainda não sentir os reflexos da crise econômica mundial. Mesmo assim, crescem as especulações sobre os sintomas que a crise possa criar na Liga. De acordo com Lord Mawhinney, presidente da Liga, o futebol inglês ainda não foi alcançado pelo impacto da desaceleração econômica, devido às estratégias empresariais colocadas em ação antes da recessão econômica, tais como: hospitalidade corporativa e venda de ingressos especiais etc. Mas, a marola da crise pode se tornar um tissunami. Ano passado, Lord Triesman, presidente da Football Association advertiu os times ingleses sobre o perigo da crise econômica, devido à grande quantidade de dívidas. Manchester United, Liverpool, Arsenal e Chelsea detém dívidas em torno de £ 3bilhões e a situação ainda pode piorar.

Redação Sport Marketing

Pesquisa confirma força da marca olímpica

A empresa de pesquisa e marketing esportivo Sponsorship Intelligence, baseada em Londres, realizou uma pesquisa para avaliar a força da marca olímpica. O estudo foi solicitado pelo IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) e teve como meta mensurar o alcance do movimento olímpico. A pesquisa realizada em 16 países revela que 78% das pessoas ouvidas se consideram verdadeiros fãs olímpicos. Os resultados foram apresentados ao Conselho Executivo do COI em Denver e os resultados ajudaram a explicar a importância da marca olímpica e dos Jogos aos patrocinadores olímpicos e detentores de direitos de transmissão. Outros resultados mostram que 63% das pessoas acreditam que os Jogos Olímpicos são o ponto mais alto de todos os eventos esportivos. Além disso, 73% expressaram a opinião de que os Jogos Olímpicos são mais do que um evento esportivo, enquanto que cerca de 70% acreditam que os Jogos Olímpicos são exemplo positivo para as crianças e incentivador para a prática de esportes. A Sponsorship Intelligence ouviu opiniões de 12.000 pessoas de todos os continentes. No que diz respeito ao sucesso do Jogos Olímpicos de Beijing, 76% dos entrevistados classificaram o evento como "bom ou muito bom". A percepção generalizada parecia estar ligado ao fato de que atletas de um número recorde de países ganharam medalhas. A maioria dos entrevistados concordaram que os Jogos Olímpicos tiveram um impacto positivo sobre Beijing e a China. A pesquisa também mostra que os Jogos Olímpicos continuam tendo um papel extremamente relevante na sociedade, com 65 %dos entrevistados partilhando esse ponto de vista. Cerca de 53% concordaram que os Jogos são importantes para a geração mais jovem. A pesquisa confirma os resultados anteriores sobre a força da marca olímpica: 96% das pessoas interrogadas identificaram corretamente os aros olímpicos. A pesquisa também destacou os três valores mais associados com os Jogos Olímpicos: excelência - luta para o sucesso; amizade - celebração mundial; respeito - valores humanos positivos.

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres.

Playboy patrocina equipe de MotoGP

A revista masculina Playboy irá patrocinar uma equipe da MotoGP. O coelhinho mundialmente conhecido, que também já correu pelas pistas do Campeonato Alemão de Turismo (DTM), estará na carenagem da equipe Honda LCR, do francês Randy De Puniet, 15 colocado da última temporada. "Estávamos em contato com a Playboy dos Estados Unidos há muito tempo"- explicou Cecchinello, ex-piloto de motovelocidade entre 1994 e 2003. "Aproveitando a presença de alguns dirigentes norte-americanos na Europa, definimos a pauta de um projeto que nos permitiu iniciar negociações com os diversos donos da licença dessa marca global". O acordo com a revista é válido, a princípio, para a parte inicial da temporada - inclui os testes coletivos de Jerez de la Frontera e os GPs dO Japão e Espanha, entre o fim de abril e o início de maio. "A Playboy da Itália gostou e confirmou que estará conosco na primeira parte da temporada. Eles esperam utilizar nossas atividades visando a relançar a revista na Itália. Atualmente, negociamos também com representantes de outros países, com acordos válidos para provas específicas"- concluiu Cecchinello. Os valores da negociação não foram divulgados.

Redação Sport Marketing

COI termina com Revezamento Mundial da Tocha Olímpica

Coca-Cola e Samsung, patrocinadoras do programa de marketing TOP do IOC - International Olympic Games - Comitê Olímpico Internacional (COI) e do programa de Revezamento Mundial da Tocha Olímpica, não devem ter gostado da última decisão da entidade máxima dos Jogos Olímpicos. O comitê executivo do COI anunciou durante reunião que está acontecendo em Denver, que os contratos com as novas sedes dos Jogos, a partir de 2016, terão cláusula para evitar trajetos internacionais. Antecipando a decisão, tanto os organizadores dos Jogos de Londres-2012, como os da Olimpíada de Inverno de Vancouver-2010, decidiram não realizar trajetos fora de seus continentes. Para os Jogos de Inverno de 2014, em Sochi, o conselho é para que o símbolo fique dentro da fronteira russa. "Houve dificuldades com os CONs - Comitês Olímpicos Nacionais e os países, e nós também entendemos que há riscos com a tocha viajando pelo mundo"- disse o suíço Gilbert Felli, diretor-executivo do COI, durante reunião que acontece em Denver. "Beijing planejou um Revezamento internacional e concordamos. Mas achamos que um Revezamento dentro do país sede pode ter um melhor controle." A medida teve como base os protestos e acontecimentos que envolveram em dificuldades o Revezamento da Tocha dos Jogos Olímpicos de Beijing pelo mundo. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Chama olímpica paga os pecados da China; Sport Marketing: Coluna Olímpica 5: Chama Olímpica uma histórica ... ; Sport Marketing: Coca-Cola lança programa para Revezamento da ... ; Sport Marketing: Coluna Olímpica 4 - Revezamento da Tocha Olímpica; Sport Marketing: Responsabilidade social corporativa, o outro lado ... ;Sport Marketing: Templo budista fecha as portas à Tocha de Beijing).

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos

Mercado: Crocs inaugura novo ponto-de-venda

Depois de anunciar que fecharia a fábrica no Brasil, a Crocs, empresa presente em 100 países, inaugura um novo ponto-de-venda no Rio de Janeiro. A marca já teve um quiosque no Shopping Rio Design Barra, em 2007 e, agora, estará no Barra Shopping, localizado na Barra da Tijuca. No espaço serão comercializados os modelos Alice Suede, Athens, Cayman, Cyprus, Kids Athens, Kids Cayman, Kids Scutes, Mary Jane e Otter, além de mochilas, porta-celulares e Jibbitz, acessórios que permitem aos consumidores de Crocs a personalização de calçados de forma divertida e criativa. (ler matérias Sport Marketing: Crocs fecha contrato de naming rigths com AVP; Sport Marketing: Mercado: Crocs fecha fábrica no Brasil).

Redação Sport Marketing

COI e USOC discutem divisão de receitas

O IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) poderá rescindir o acordo com o USOC - United States Olympic Committee - Comitê Olímpico dos Estados Unidos. De acordo com a imprensa norte-americana, a informação partiu de Andrew Ryan, diretor da ASOIF - Association of Summer Olympic International Federations - Associação Internacional de Federações Olímpicas dos Jogos de Verão. O USOC, que é um dos 220 CONs - Comitês Olímpicos Nacionais vinculados ao COI, pleiteia uma maior fatia na divisão dos direitos de televisão distribuidos pela entidade. Vale ressaltar que o Comitê americano recebe 20% da renda gerada pelo programa de patrocínio TOP do COI e 12,75% dos direitos de tv olímpicos - porcentagens muito maiores do que qualquer outro CON do planeta! Na assembleia geral que está acontecendo em Denver, a ASOIF votou para que o COI encerre o contrato com o USOC. "As circunstâncias agora são totalmente diferentes de quando as negociações anteriores se realizaram. O presidente Rogge concordou que isto tem de ser revisto o mais rapidamente possível pelo conselho executivo. Há muito tempo fomos pedir para este modelo seja revisto, mas não vimos progressos suficientes e estamos esperançosos que isso ocorra agora" - disse Ryan que rejeitou igualmente a ideia de que o tema possa perturbar a candidatura de Chicago aos Jogos Olímpicos de 2016. O presidente da NBC Sports presidente, Dick Ebersol, também não acha "que a reformulação da divisão de receitas terá um papel importante vá influenciar a candidatura da cidade americana." A NBC Sports e sua empresa-mãe, a General Electric, proporcionar ao COI lucrativos acordos no domínio dos direitos tv e em patrocínios. "Espero, sinceramente, que USOC e COI encontrem um ponto de acordo" - disse Dick Ebersol.

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos.