26 de jan. de 2009

LOCOG fecha com Airwave

O LOCOG - London Oranizing Committee Olympic Games - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres fechou mais um patrocínio doméstico. A Airwave, operadora de comunicações móveis via rádio, será fornecedora de serviços de rádio dentro de todas as jurisdições olímpicas. A companhia, que faz parte do Grupo O2, de telefonia celular, está construindo um sistema de comunicações para a polícia, bombeiros e ambulância para Londres 2012. Esta é a primeira vez na história olímpica que foi aberta esta categoria de patrocínio. A Airwave, baseada em Slough, possui e opera a maior rede de segurança pública no mundo. O sistema de comunicações de rádio digital desenvolvido pela Airwave para a polícia já é completamente operacional em todas estações de metrô em Londres. "Comunicação segura entre jurisdições e pessoal em tempo de Jogos serão importantes para nosso sucesso e a Airwave tem um registro fantástico neste setor e nós somos emocionados que eles estão a bordo de" - disse o presidente do LOCOG Sebastian. O LOCOG já assegurou mais de 75% da meta de 600 milhões de libras (US$875 milhões; €669 milhões) em patrocinadores domésticos. O orçamento operacional global é de 2 bilhões de libras ($2.9 milhões; €2.2 bilhões), que também inclui direitos de televisão, vendas de ingresso e licenciamento. Os Jogos de Londres 2012 agora tem 13 patrocinadores domésticos.

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres

Porto Seguro garante sete novos bicicletários em São Paulo

Sete novos bicicletários foram entregues à população, por meio da parceria entre o Instituto Parada Vital e o Metrô, com patrocínio da Porto Seguro. As estações que contarão com os novos bicicletários são Santana, Armênia, Barra Funda, Braz, Santa Cecília, Liberdade e Vila Madalena. O chamado projeto UseBike completa o primeiro ano de aniversário. Agora, com estas sete novas estações, a cidade já conta com 22 bicicletários: 15 que oferecem bicicletas para empréstimo e paraciclos (locais para estacionamento da Bike) e outros sete, que são mantidos pela Porto Seguro em parceria com a rede Estapar de estacionamentos. "Não podemos esquecer também das melhorias que o uso da bicicleta traz não só às pessoas, mas também à cidade. Além de praticar uma atividade física, a pessoa ainda contribui para a melhoria do ar e do trânsito" - disse o vice-presidente executivo da Porto Seguro, Fábio Luchetti. Cada um dos 7 novos bicicletários contará com 10 bikes para empréstimo e 10 vagas para estacionamento das bikes. Com isso, agora a população terá a disposição um total de 150 bikes disponíveis para o empréstimo, além de 420 vagas para estacionamento das bicicletas.

Redação Sport Marketing

Ginastas fecham com Prefeitura de Niteroi

Diego e Danielle Hypolito, assim como Jade Barbosa não vão ficar às voltas atrás de patrocínio e local para treinar. O Flamengo anunciou que com a Prefeitura de Niteroi, um convênio de patrocinio para os atletas da ginástica olímpica do clube. Os valores ainda não foram revelados, mas estima-se que o valor será em torno de R$ 70 a 80 mil, que é quanto custa hoje a ginástica para o Flamengo. O que chama atenção na notícia é que o clube contou com apoio externo na negociação. João Henrique Areias, tornou-se responsável pela reestruturação do departamento olímpico do clube e, certamente, estará trabalhando do ponto de vista de marketing, enquanto Patricia Amorim, vice de esportes olímpicos seirá com a parte técnica. Será que o departamento de marketing do clube da Gávea não tem competência para tratar dos esportes olímpicos ou será apenas mais uma prova de que o clube segue a meta de concentrar preferência ao futebol, vendo os esportes olímpicos apenas como uma galinha dos ovos de ouro? (ler matéria arquivo Sport Marketing: Esportes Olímpicos viram as 'galinhas dos ovos de ...) Só o tempo dirá.

Redação Sport Marketing

Royal Bank of Scotland pode deixar a F1

O Royal Bank of Scotland estuda se continuará a patrocinar a Williams. O banco afirmou que deverá ter o maior prejuízo da história de uma empresa britânica."Reconhecemos que precisamos garantir que nossas ações de patrocínio reflitam o processo de reestruturação pelo qual o banco passa"- disse um porta-voz ao "Daily Telegraph". Para este ano, a Williams já perdeu o patrocínio da Lenovo e da Petrobras. A crise segue de perto a categoria, a Renault pode ser a próxima equipe a deixar as pistas da F-1. De acordo com a imprensa inglesa, a escuderia gaulesa de Fernando Alonso e Nelsinho Piquet pode ser extinta. Cerca de 100 trabalhadores devem perder os empregos em uma das sedes da equipe, localizada em Oxfordshire, na Inglaterra. Se a situação não melhorar, a permanência nas pistas em 2010 deve complicar bastante."Estamos em um processo de reestruturação, como uma consequência das mudanças nas regras da categoria. O plano contém, também, um certo de excessos"- afirmou um porta-voz da Renault ao jornal "News Of The World"."Temos um comitê trabalhando para reestruturar a companhia de forma mais efetiva. No momento, é prematuro entrar em detalhes e não queremos fazer mais comentários"- disse a assessoria. Além da equipe, a Renault também fornece propulsores para a Red Bull.

Redação Sport Marketing