20 de jan de 2009

Juventus fecha com casa de apostas

A Juventus da Itália fechou contrato de patrocínio com a BetClic, uma casa de apostas eletrônicas. Os valores que a nova patrocinadora oficial pagou ao tie não foram revelados. A empresa, de capitais franceses e com sede na ilha de Malta, atua em vários países europeus, principalmente Inglaterra, Itália e Espanha. Garante ter mais de um milhão de apostadores na rede e que faz "uma aproximação do jogo com as apostas esportivas de uma maneira ética e responsável".

Redação Sport Marketing

Troféu da Liga dos Campeões fará excursão

A Union of European Football Associations (UEFA) anunciou que a taça da Liga dos Campeões da Europa, mais importante competição do continente, fará uma excursão por Nigéria, Argélia, Egito e África do Sul em fevereiro, março e abril deste ano. A turnê africana do troféu começa em 26 de fevereiro na cidade de Lagos, na Nigéria, e termina dia 19 de abril em Johanesburgo, uma das sedes da Copa do Mundo do ano que vem, na África do Sul. "Estamos felizes pela oportunidade que os africanos terão para ver de perto o troféu que muitos jogadores daqui disputam defendendo clubes europeus"- disse Philippe Le Floch, diretor de Marketing da UEFA. Em fevereiro do ano passado, a taça esteve no Brasil – no Rio de Janeiro e em São Paulo – e passou ainda por outras nações das Américas, como Argentina, Chile e México. Mais de 50 mil pessoas compareceram às exposições e outras 247 milhões viram o troféu pela televisão.

Redação Sport Marketing

Reebok lança camisa do São Paulo anti-pirataria

O São Paulo lançou o uniforme que será utilizado durante a temporada. Uma das preocupações expostas pelos são-paulinos é o combate à pirataria. “Trata-se de uma camisa de qualidade muito destacada. Além de manter a tradição do clube, a camisa tem na alta performance o diferencial, o que dificulta (a pirataria). E combater a pirataria também é coisa de polícia, além do clube. Não podemos admitir que coloquem um varal em frente ao estádio, e isso acontece com outros clubes também” - afirmou o vice-presidente de marketing do São Paulo, Julio Casares. “São camisas difíceis de serem confeccionadas e esta é uma maneira de ir contra a pirataria. Além disso, resgatamos a tradição do clube, deixando a camisa mais limpa” - reforçou o supervisor de desenvolvimento de produtos da Reebok, Fernando Costa. O preço na megaloja dentro do estádio é R$ 159,90. O lançamento do novo uniforme foi marcado pela notícia de que a SAO Store, grife do Tricolor destinada à torcida de elite, terá uma unidade na rua Oscar Freire, região de comércio bastante valorizada na capital paulista. A quarta unidade da rede, na Oscar Freire, tem previsão de ser aberta entre o fim de março e o início de abril.

Redação Sport Marketing

Portal inglês promove enquete entre internautas

A camisa do Atlético-MG, produzida pela grife italiana Lotto e usada durante a temporada 2008, ano do centenário do clube, está entre as indicadas para ser escolhida por internautas de diversos países como a mais bonita em todo o mundo. O concurso está sendo promovido pelo Football Shirts (http://www.football-shirts.co.uk), portal inglês especializado em informações sobre camisas de times de futebol dos principais clubes do mundo. Atualmente, a camisa do Galo está na briga pela liderança na preferência dos internautas, o que mostra a força da torcida. “O Atlético Mineiro é um dos clubes mais tradicionais do País e a indicação para a escolha da camisa mais bonita do mundo, ao lado de uniformes de outros grandes times, representa mais uma vitória nos 100 anos de história do Galo. Para a Lotto, isso representa mais um motivo para nos encher de orgulho”, diz o gerente de Marketing e Relações Esportivas da Lotto, Luciano Augusto. Qualquer internauta pode participar da votação. Basta fazer um cadastro no site http://www.football-shirts.co.uk/fans/best-club-home-shirt-2008-vote_1919.

Redação Sport Marketing

Portugal e Espanha juntas pela Copa de 2018

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madaíl, e da Real Federação Espanhola, Angel Maria Villar, assinaram, em Lisboa, o protocolo que formaliza a intenção da candidatura conjunta à organização da Copa do Mundo de 2018. Os dirigentes se encontraram na sede do organismo português, para definir as "linhas mestras" do projeto conjunto, num encontro que culminou com a assinatura do protocolo ibérico.

Redação Sport Marketing

Rússia de olho na Copa de 2018

A Rússia pretende apresentar candidatura para organizar a Copa do Mundo de Futebol de 2018.
"Logo pediremos o dossiê de solicitação à FIFA, com o objetivo de preparar nossa candidatura para acolher a Copa do Mundo 2018" - disse o ministro dos Esportes e presidente da Federação Russa de Basquete, Vitaly Mutko, à agência de notícias RIA-Novosty. Na semana passada, a FIFA pediu aos países interessados em organizar as Copas do Mundo de 2018 e 2022 que se manifestassem ante de 2 de fevereiro próximo. "É um assunto sério e o projeto necessita um financiamento importante. Mas daremos o primeiro passo" - acrescentou Mutko. A eleição dos países que vão organizar esse dois mundiais será em dezembro de 2010.

Redação Sport Marketing

População dá mais apoio à candidatura de Tóquio 2016

O Comitê Tóquio 2016 divulgou que o apoio da população à candidatura aumentou mais de 70%. Aproximadamente 90 milhões de pessoas torcem para que a capital japonesa seja escolhida como sede do maior evento esportivo do mundo. Em dezembro de 2007, o índice de apoio era de 62%.
Ichiro Kono, presidente da campanha, considera o índice "extremamente alto", principalmente na atual situação de crise econômica. Ele destacou também o "grande apoio da sociedade japonesa, das agências governamentais, empresários, atletas e fãs do esporte". Na primeira seleção a capital japonesa recebeu 8,4 pontos na avaliação geral do IOC - International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional (COI) ficando à frente das outras três finalistas, Madrid (Espanha), Chicago (EUA) e Rio de Janeiro (Brasil). Tóquio conta com 21 instalações esportivas prontas e em funcionamento, como o Ginário Metropolitano, o Estádio Nacional de Yoyogi e o Nippon Budokan. A campanha também prevê "jogos compactos", com competições sendo realizadas em um raio de apenas 8 quilômetros do centro da cidade.

Redação Sport Marketing

Americanos preferem Jogos Olímpicos a SuperBowl

O United States Olympic Committe - Comitê Olímpico Americano (USOC) comemorou apenas, agora, o sucesso dos Jogos Olímpicos de 2008. O evento superou o interesse dos americanos pelo SuperBowl, em uma votação pela Internet. Em uma pesquisa on-line, realizada pela Lieberman Research Worldwide, 67% dos internautas se declararam "interessados", ou "extremamente interessados", pelos Jogos e pelos campeões - em especial, o nadador Michael Phelps (que bateu o recorde de de Mark Spitz, ao ganhar oito medalhas de ouro ) e os jogadores de basquete.Já o futebol americano e o SuperBowl ficaram em segundo lugar, com 64%. Segundo informações da AFP, para 91% dos cerca de 3000 internautas que responderam à pesquisa, realizada cinco semanas após os Jogos, os "atletas olímpicos" são considerados modelos, uma fonte de inspiração e têm mais importância do que os demais na representação do país no exterior.

Redação Sport Marketing