17 de jan de 2009

Chelsea à venda?

Roman Abramovich decidiu vender o Chelsea. De acordo com a imprensa européia, o magnata russo está tentando vender o time para a Arábia Saudita, em negócio que envolverá a família real do país árabe. De acordo com o britânico “The Sunday Times”, representantes do oligarca deslocaram-se ao Dubai, para sondar eventuais compradores do clube inglês. O jornal ressalta que uma das reuniões foi com membros da família real saudita, no entanto, não há ainda qualquer indicação de que dos encontros saiam resultados positivos. O Chelsea já reagiu a estas notícias, que não são propriamente novas. Um porta-voz garantiu que Abramovich continua empenhado nos destinos do clube londrino, no qual investiu milhões de libras. O multimilionário russo, que enriqueceu da noite para o dia, após o desaparecimento da União Soviética, comprou o Chelsea em 2003 por 60 milhões de libras e responsabilizou-se por 80 milhões de dívidas. A partir dali, o cidadão russo, que não perde oportunidade de ostentar riqueza, já investiu 550 milhões de euros na contratação de jogadores. Não falta quem diga que o magnata está ansioso por recuperar o investimento. Especula-se, inclusive, que ele entrega o clube a quem lhe der em troca 880 milhões de euros, pois suspeita-se que Abramovich está com falta de liquidez. Tanto é que ele não investe mais no clube, onde há jogadores com salários de 123 mil euros... por semana. Isso sem contar o salário do técnico brasileiro Felipe Scolari.

Redação Sport Marketing

Record compra os direitos dos Jogos Pan-Americanos de 2015

A Rede Record adquiriu com exclusividade, por cerca de US$ 20 milhões, os direitos de transmissão, com exclusividade para o Brasil, dos Jogos Pan-Americanos de 2015, que não têm cidade-sede definida. De acordo com o colunista Lauro Jardim, da Veja, os direitos adquiridos são para TV e todas as outras mídias. Esta é a quarta vez que a Record bate a Globo no campo esportivo. No ano passado, a emissora adquiriu os direitos dos Jogos de Inverno de 2010, o Pan de 2011 e a Olímpiada de Londres, em 2012.

Redação Sport Marketing

Parlamento apoiará candidatura de Tóquio 2016

O Parlamento votará uma resolução de apoio oficial à candidatura de Tóquio para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. De acordo com a agência de notícias Kyodo, o objetivo é apoiar o esforço da capital do Japão em hospedar os Jogos pela segunda vez na história (a primeira foi em 1964), antes que o IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgue a decisão sobre as candidatas no dia 2 de outubro em Copenhague. Caso o Parlamento japonês apóie a candidatura, o governo se comprometerá com o COI em oferecer uma garantia financeira, caso a cidade tenha problemas financeiros devido ao evento. O documento também assegura o apoio parlamentar para todo o processo da candidatura, inclusive durante a visita de inspeção do comitê do COI. Espera-se que a resolução seja aprovada nas duas câmaras no final de janeiro, para que os membros do comitê de campanha da candidatura a possam incluir no relatório de avaliação que vão apresentar ao COI no próximo mês. Por enquanto Tokyo é a cidade que alcançou a melhor pontuação do COI, na frente de Madri, Chicago e Rio de Janeiro (ler matérias arquivo Sport Marketing: Dossiê de candidatura de Tóquio para 2016 já está ..., Sport Marketing: Mizuno quebra contrato com Tóquio 2016, Sport Marketing: Tóquio 2016 soma oito patrocinadores, Sport Marketing: Tóquio soma apoiadores para candidatura dos Jogos ...).

Redação Sport Marketing