7 de jan de 2009

Home Depot rompe com USOC

A Home Depot encerrou 16 anos de patrocínio da equipe olímpica dos Estados Unidos. Idealizadora e organizadora de um popular programa de apoio ao esporte, o qual permitia que atletas olímpicos trabalhassem nas lojas horários flexíveis , mas recebessem interinamente o salário e outros benefícios, a Home Depot fará falta no USOC - United States Olympic Committee - Comitê Olímpico dos Estados Unidos. "Como é que eu vou agora completar a minha renda?" - questionou Brock Kreitzburg, atleta de bobsled que participou dos Jogos Olímpicos de 2006 e que esteve entre os atletas funcionários da rede de lojas Home Depot. "Um total de 600 atletas, incluindo 145 medalhistas olímpicos, participaram do programa desde 1992" - disse o porta-voz da Home Depot, Jean Niemi. Nos últimos quatro anos, a Home Depot investiu um valor entre US $ 15 milhões e US $ 20 milhões no programa.

Redação Sport Marketing

Privatização do Maracanã

A privatização do Maracanã será definida. Márcia Lins, secretária estadual de esportes, o edital que entrega o estádio para a iniciativa privada passará para a empresa vencedora todo o complexo esportivo, que também inclui o ginásio Maracanãzinho, o Estádio de Atletismo Célio de Barros e o Parque Aquático Júlio Delamare. "O objetivo é preparar a estrutura para a Copa de 2014. Serão necessários investimentos de R$ 200 milhões que vão desde assentos marcados até novas saídas para esvaziar o estádio em 8 minutos. Outros R$ 200 milhões serão aplicados em uma nova cobertura protegendo todos da chuva " – disse Márcia Lins ao JB. A gestão do estádio será da iniciativa privada. Em 2007, todo o complexo recebeu investimentos federais de R$ 130 milhões por conta do Pan-Americano. Mas, segundo Márcia, ainda assim é preciso adaptar o estádio para as exigências da FIFA. A manutenção do estádio custa R$ 10 milhões por ano e segundo a secretária, a receita maior vem de eventos e não das partidas de futebol. As reformas devem estar concluídas até 2012, para que em 2013 seja realizada a Copa das Confederações nos estádios que sediarão a Copa do Mundo de 2014.

Redação Sport Marketing

Lusoarenas fecha acordo com Corinthians

A Lusoarenas, empresa portuguesa de desenvolvimento de estádios de futebol, arenas multiusos e centros de convenções e exposições fechou acordo de parceria com o Corínthians. A empresa irá prestar serviços de assessoramento na modernização e gestão de estádios onde o Timão deter mando de campo. A empresa será parceira do Corinthians na definição do projeto de reforma dos estádios, na escolha da construtora a ser contratada, na estruturação e obtenção da solução financeira para a reforma, assim como na gestão comercial do Estádio. “O nosso principal objetivo é ser um verdadeiro parceiro do Clube, disponibilizando toda a nossa experiência, assim como a dos nossos associados exclusivos para o Brasil, como são os casos da Global Spectrum e da Stadium Capital Financing Group, de forma a assegurar que o clube tome as opções mais vantajosas no projeto, na escolha da solução financeira, na eleição da construtora ideal para a realização dos trabalhos, assim como na futura gestão do Estádio” - disse António Espírito Santo Bustorff, presidente da Lusoarenas. Segundo o comunicado, a Lusoarenas iniciará agora os serviços relativos ao projeto de reforma do Estádio Alfredo Schurig no Parque de São Jorge, onde o Corinthians pretende realizar a maioria dos jogos de mando de campo durante os próximos anos, sempre que estes se adequem às características e dimensão desse estádio e antes de definir e concluir o seu novo estádio. “Esse é mais um importante passo que o Corinthians dá para a reativação do Estádio Alfredo Schürig. Buscamos parceiros que nos ajudem nessa importante tarefa e a Lusoarenas vem para somar”- afirmou o presidente Andrés Sanchez. “Nunca escondemos de ninguém que gostaríamos de ver a Fazendinha voltar a receber jogos do Timão e, a partir de agora, estamos trabalhando efetivamente para que isso realmente aconteça”, acrescentou o presidente Sanchez, citado no comunicado. A reforma do Estádio do Parque São Jorge será realizada em cerca de quatro meses, período durante o qual o Corinthians realizará os jogos no Pacaembu ou no Morumbi. De acordo com o comunicado, "o encontrar da solução financeira para fazer face a esta modernização será da responsabilidade da Lusoarenas, sendo que para isso esta recorrerá ao suporte da Stadium Capital Financing Group uma empresa controlada maioritariamente pelo Morgan Stanley Principal Investments, uns dos melhores especialistas mundiais nessa área". A Lusoarenas, também ficará com a responsabilidade de gerir comercialmente o Estádio durante um período de 8 anos. Já o Corinthians ficará com a responsabilidade da operação do Estádio nos dias em que aí realize seus jogos.“Na Lusoarenas nos propomos a construir ou renovar Estádios para que estes se transformem numa verdadeira mais valia, numa fonte de receita significativa e permanente para os Clubes e numa boa plataforma de promoção para as empresas que a eles se associem” - afirmou Marco Herling, vice-presidente da Lusoarenas.

Redação Sport Marketing

Dono do Manchester City é o homem mais rico do futebol

O dono do clube inglês Manchester City, o xeque Mansour bin Zayed al Nahyan, superou Roman Abramovich como o homem mais rico do futebol britânico. De acordo com a revista "FourFourTwo", o dono do Chelsea caiu para o terceiro lugar do "raking" após ter perdido três bilhões de libras com a atual crise financeira. Abramovich tem, atualmente, fortuna avaliada em sete bilhões de libras, menos de metade da fortuna de al Nahyan, 15 bilhões de libras. Em segundo lugar surge Lakshmi Mittal, presidente executivo da ArcelorMittal que investiu no Queens Park Rangers, com uma fortuna de 12,5 bilhões de libras. A lista inclui onze multimilionários, entre os quais, Lakshmi Mittal e o treinador Fabio Capello, que tem uma coleção de arte avaliada em 10 milhões de libras.

Redação Sport Marketing

Liga Nacional de Basquete já conta com patrocinador

Nos bastidores do basquete nacional, especula-se que o primeiro patrocinador oficial do Campeonato da a LNB (Liga Nacional de Basquete) será a Eletrobrás. A empresa estatal também é a principal financiadora da Confederação Brasileira de Basquete (CBB). O vínculo da companhia com a confederação teve início há seis anos e, em 2008, rendeu R$ 6,7 milhões à entidade. "O acordo está apalavrado. Falta só assinar"- afirmou Sérgio Domenici, gerente-geral da liga, que abrirá escritório em São Paulo até o final do mês. Para a efetivação do apoio, é necessário que o acordo passe pelos trâmites burocráticos da empresa - o processo deve ser resolvido nos próximos dias. "A Eletrobrás terá o direito de estampar o logotipo nas placas e pisos dos ginásios e terá uma área reservada para levar convidados" - disse Domenici. O NBB, começa dia 28 e terá 15 equipes. Além da Eletrobrás, o NBB conta com parceria da Globo e apoio da Spalding. A TV irá transmitir partidas no Sportv e ajuda a LNB a buscar patrocínios. A Spalding será a fornecedora oficial das bolas. "Mas eles devem liberar uma verba também"- declarou Domenici.

Redação Sport Marketing

Grafite é a imagem do Deutsche Bank

O Deutsche Bank, patrocinador do Wolfsburg da Alemanha está usando a imagem de um jogador brasileiro em ações do banco. Devido ao sucesso do atacante Grafite, ex-São Paulo, 17 gols em 17 jogos no início da temporada, a imagem do jogador foi escolhida para estampar o cartão de crédito do Wolfsburg.

Redação Sport Marketing

Jelena Jankovic fecha com IMG

A tenista Jelena Jankovic assinou contrato de exclusividade com a empresa de marketing e gestão IMG. Os detalhes da negociação não foram revelados. "Estamos extremamente satisfeitos por adicionar uma jogadora do calibre de Jelena à nossa lista dos grandes campeões. A reputação, tanto dentro e fora das quadras não tem paralelo" - disse Fernando Soler, chefe da Divisão de Tênis da IMG. "Estamos igualmente satisfeitos por ter Jelena na nossa lista de clientes e celebridades" - acrescentou Ivan Bart, Senior Vice President da IMG Models. "Jelena é uma atleta de enorme talento e potencial ilimitado. Dona de uma personalidade calorosa e fantástica e de um sorriso extremamente popular, Jelena é um sucesso dentro e fora das quadras. A IMG espera poder trabalhar com Jelena neste momento emocionante da carreira dela" - disse Gavin Forbes, vice-presidente da IMG. A equipe que irá gerir o marketing da carreira da tenista será liderada por Caroline Lacy, da BMI Londres. A BMI é uma empresa global e líder não só no tênis, mas em entretenimento e moda também. A IMG representa mundialmente, homens e mulheres tenistas e na lista de clientes tem superestrelas como Roger Federer, Rafael Nadal, Maria Sharapova, Venus Williams e James Blake. Além disso, IMG é proprietária, administra ou representa muitos dos principais torneios do mundo,incluindo o Sony Ericsson Open, Australian Open, Chennai Open, Wimbledon, entre muitos outros. A IMG Sports & Entertainment opera em 30 países e realiza lançamentos de produtos e marcas; serviços de consultoria; gestão de eventos; marketing, mídia e licenciamento; eventos de moda e agenciamento de modelos.

Redação Sport Marketing

Sarah Fisher fecha contrato com SimCraft Corporation

Sarah Fisher anunciou que, nesta temporada, vai endossar a marca SimCraft Corporation. Piloto dona de equipe da IndyCar, Sarah estará na Indy 500, a primeira ação de Fisher foi aparecer no stand da SimCraft, no primeiro dia da maior feira de eletrônicos do mundo. "Fisher é a mais rápida piloto da história a se classificar nas 500 Milhas de Indianápolis e se tornou a primeira mulher na história norte-americana a conquistar a pole position e liderar corridas. O impacto da imagem de Sarah é inegável. Nós pretendemos ter o mesmo efeito explosivo" - disse T. Christopher Ciesielka, presidente da SimCraft, fabricante de simuladores de carros de corrida para pilotos profissionais. Entre os produtos da empresa destacam-se o APEX SC830 e o SC320. "A APEX SC830 é o melhor simulador da vida real que eu já experimentou. Estou muito impressionado com o produto que vai ser importante no meu treinamento para a temporada da IndyCar Series" - disse Fisher, proprietária e piloto da equipe Sarah Fisher Racing. Os valores e duração do contrato não foram revelados.

Redação Sport Marketing