2 de jan de 2009

São Carlos desfruta monumento em homenagem a Maurren Maggi

O monumento em homenagem à campeã olímpica Maurren Maggi foi inaugurado em São Carlos. A entrega da obra estava marcada para 20 de dezembro, mas foi adiada por causa das chuvas. A atleta participou da festa de lançamento da obra, que lembra o salto que garantiu o ouro nos Jogos Olímpicos de Beijing. Maurren afirma que o monumento representa um marco para a cidade e acredita que a obra pode servir de incentivo aos jovens para a prática do atletismo. “Não é um bicho de sete cabeças; basta treinar muito para chegar lá”- afirmou a atleta. A placa metálica de 10m de altura e 3,5m de largura tem um corte em forma de parábola, que mostra a distância exata do salto da atleta refletida pelo sol. A idéia do arquiteto paulistano Marcelo Suzuki, mentor do projeto, era desenhar a trajetória de 7,4 metros e fazer um monumento dinâmico e com movimento.Segundo Suzuki, o salto poderá ser visto pela luz do sol de um melhor ângulo entre os meses de junho e setembro, ao meio-dia.

Redação Sport Marketing

Ponte Preta oficializa novo contrato de fornecedor

A Champs substituiu a Diadora na Ponte Preta. Os detalhes do contrato com a nova fornecedora de material esportivo não foram divulgados."Estamos muito felizes com a entrada da Champs, uma empresa que está apostando cada vez mais no futebol profissional" - disse o diretor de marketing da Ponte, Márcio Della Volpe, ao site oficial do clube. O contrato com a Champs já estava fechado há meses, mas só pôde ser anunciado agora devido à vigência do vínculo com a Diadora. "Para o uniforme três teremos uma bela surpresa, que acreditamos que irá agradar muito a torcida. Vamos apresentá-lo em breve" - revelou o representande da Champs, Rafael Coppini. A Champs também estreará nos uniformes de Vasco, Vitória e Náutico em 2009. A empresa também fabrica o material de várias equipes de várias equipes do interior de São Paulo. A Diadora parou de investir em produtos voltados para o futebol.

Redação Sport Marketing

Presidente do COB inaugura Roda Olímpica e prefeito anuncia medidas

O presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman e o ministro do Turismo Luiz Barreto, inauguraram oficialmente a roda gigante montada no Forte de Copacabana, cujo tema este ano é a candidatura da cidade aos jogos Olímpicos e Para-Olímpicos. "O carioca pode vir à roda e deixar a mensagem espontânea de apoio ao Rio como sede dos jogos" - disse Nuzman após dar a volta de estréia na estrutura. Logo no dia da inauguração, a Roda Rio 2016 mostrou que será um dos grandes sucessos do verão carioca e atraiu dezenas de visitantes brasileiros e estrangeiros. Na abertura oficial, as 24 gôndolas foram ocupadas por convidados, jornalistas e autoridades como a Secretária Estadual de Esporte, Turismo e Lazer, Márcia Lins; e o Secretário da Prefeitura para o Rio 2016; Ruy Cezar. “A Roda Rio 2016 será um dos ícones da campanha. A união dos três níveis de governo, das Confederações esportivas e do povo brasileiro dá a dimensão do que podemos alcançar. Ninguém melhor do que o povo carioca para celebrar os Jogos Olímpicos” - disse Carlos Arthur Nuzman. Para o Ministro do Turismo, a candidatura Rio 2016 será uma janela de boas oportunidades. “Várias cidades do mundo se transformaram ao receberem os Jogos Olímpicos. O Rio de Janeiro sempre foi uma porta para o turista estrangeiro que quer conhecer o Brasil, e a realização dos Jogos Olímpicos de 2016 seria a consolidação desta posição”- disse Luiz Barretto. Além da inauguração da Roda Rio 2016, o prefeito Eduardo Paes aprovou uma série de ações que serão adotadas para a realização dos Jogos Olímpicos, caso a cidade seja escolhida pelo International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI). Entre as medidas, estão a repressão ao uso indevido de símbolos relacionados aos Jogos Olímpicos; e a confirmação de todas as garantias em nível municipal exigidas pelo COI. No pacote de medidas também está a criação de um grupo de trabalho que organizará a cidade para a visita da Comissão de Avaliação do COI, entre 27 de abril e 3 de maio.

Redação Sport Marketing

GoldenCross rompe com COB e com ginástica

O ginasta Diego Hypolito, campeão mundial de solo, começou o ano em queda! A GoldenCross, que o patrocinava, decidiu cancelar o apoio. De acordo com matéria do o jornal carioca "O Globo", o motivo principal que levou a empresa de assistência médica a tomar essa decisão foi a crise econômica mundial. A GoldenCross também não renovou patrocínio com a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). Agora, Diego conta apenas com uma ajuda de custa da Caixa Econômica Federal, via CBG. O ginasta já sabia da decisão da empresa desde novembro e já negocia a assinatura com outras empresas. Com a intenção de reduzir os custos, a empresa também desistiu de prorrogar o contrato com o COB (Comitê Olímpico Brasileiro).

Redação Sport Marketing

Grêmio planeja conquistar mais associados

O Grêmio deve lançar uma ação que visa captar novos associados para o clube e destacar a importância dos torcedores na disputa da Copa Libertadores da América, que começa no dia 25 de fevereiro para os gaúchos. Atualmente, o Tricolor conta com, aproximadamente, 43 mil sócios em dia. No início de dezembro, o Grêmio intensificou o contato com os associados para evitar a inadimplência em um período sem bola rolando no Estádio Olímpico. A idéia é tentar convencer os torcedores de que ser sócio não se restringe mais ao campo e ao futebol, mas garante também ao gremista concorrer a diversos prêmios, obter descontos em estabelecimentos conveniados, etc.

Redação Sport Marketing

Liga dos Campeões distribuiu 5,065 bilhões de euros

A Liga dos Campeões distribuiu 5,065 bilhões de euros em prêmios aos 105 clubes que já passaram pelas 17 edições do torneio. As contas referem-se aos números totais das primeiras 16 edições (prêmios por resultados e verbas referentes às transmissões televisivas), mais os euros distribuídos na última temporada exclusivamente relativos ao percurso desportivo dos 32 finalistas, e não contabilizam as receitas de bilheteira. No balanço total, o Manchester United lidera a lista de ganhos, com 272 milhões de euros, quase mais 80 milhões que a soma arrecadada (193,7) por FC Porto (109 milhões de euros em 14 participações), Sporting (36,7 milhões em cinco presenças), Benfica (33,9 também em cinco) e Boavista (14,1 em duas), os quatro clubes portugueses com presenças na “Champions”. O quinteto formado por Inglaterra (868,9 milhões), Itália (783,6), Espanha (756,9), Alemanha (667,4) e França (539,3), somou quase 71,4 % (3.616 milhões) do total distribuído pela UEFA, numa lista que contempla 31 países representados na competição.

Redação Sport Marketing

Filme sobre Vanderlei Cordeiro à espera de patrocínio

O maratonista Vanderlei Codeiro, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas (2004), é tema do filme Marathon. A película, do cineasta Loyzo Smolinsky está à espera de recursos para começar a ser produzido. O eslovaco Smolinsky mora em Nova York, nos Estados Unidos, inspirou-se no brasileiro ao vê-lo fazendo aviãozinho na chegada da maratona de Atenas, após ter sido atacado por um fanático religioso. Em 2005, o cineasta foi a Maringá, no norte do Paraná, cidade onde vive a família de Vanderlei e conseguiu um encontro com o ídolo. A partir daí, fez um longo trabalho de pesquisa e começou a escrever o roteiro. Logo após batizar a história de Marathon, elaborou o material de divulgação. No modelo de cartaz, que já está pronto, o subtítulo é o seguinte: "Você pode parar meu corpo, mas eu não sou o meu corpo". O filme terá uma história focada na vida profissional de Vanderlei, interpretada por um elenco. "Quero usar atores brasileiros, mas que falem inglês. Vanderlei até pode aparecer no filme, dependendo de sua disponibilidade, mas seria apenas uma participação especial" - disse o cineasta. O cineasta estima que a obra terá um orçamento maior que US$ 5 milhões, com locações em Maringá e Atenas.

Redação Sport Marketing

Usain Bolt bate Michael Phelps em eleição da ISPA

A International Sports Press Association realizou uma votação entre jornalistas de 96 nações que deram a vitória de melhor atleta do ano, ao jamaicano Usain Bolt. O nadador americano Michael Phelps perdeu a votação pela margem de 1673 para 1557 pontos. O desempenho de Bolt no Ninho de Pássaro, nas provas de atletismo dos Jogos Olímpicos de Beijing (ouro nos 100m, 200m e 4 x 100m) garantiu ao atleta mais um prêmio individual. Entre as mulheres, Yelena Isinbayeva, campeã olímpica no salto com vara, foi a melhor atleta do ano de 2008. Entre os esportes coletivos, a seleção da Espanha de futebol foi a escolhida, após grande campanha na Eurocopa. Rafael Nadal, destronou ficou com a terceira colocação entre os homens, à frente de Cristiano Ronaldo, meia-atacante do Manchester United, e do piloto Lewis Hamilton.

Redação Sport Marketing

Kawazaki pode abandonar MotoGP

Crescem as especulações sobre uma possível saída da Kawazaki da MotoGP apesar de já ter renovado os contratos dos pilotos Marco Melandri e John Hopkina. O motivo da marca não disputar a categoria seria devido à crise mundial. De acordo com a revista Autosport, a equipe deve realizar um comunicado oficial sobre o assunto. A saída da Kawazaki aumenta a crise dos esportes a motor, já que a Honda deixou a F1, enquanto Subaru e Suzuki abandonaram o Mundial de Rali.

Redação Sport Marketing

Londres - luxo só na virada do ano

Londres, sede dos Jogos Olímpicos de 2012, foi palco de uma espetacular comemoração de Ano Novo. A festa, patrocinada pela LG Electronics, reuniu cerca de 180 mil pessoas às margens do Rio Tâmisa. Astros internacionais como Rod Stewart, Rio Ferdinand, Ricky Gervais, Michael Caine, The Simpsons e a medalhista de ouro olímpica, Christine Ohuruogu, participaram da festa. Foram projetados sobre o prédio da Shell, vídeos com mensagens de boas festas do Prefeito de Londres e de outras celebridades, batendo o recorde mundial de altura de projeção de vídeo. Gostaria particularmente de chamar a atenção de líderes empresariais globais para as oportunidades especiais e o estilo de vida inimitável de Londres. Mesmo a difícil situação econômica atual não consegue obscurecer a riqueza da arquitetura, cultura, gastronomia e da população, conjugando Londres como a melhor cidade do mundo para trabalhar, descansar e se divertir" - declarou o prefeito da capital da Inglaterra, na tentativa de chamar a atenção de investidores para os próximo eventos internacionais que Londres pretende hospedar, entre eles, os Jogos Olímpicos.

Redação Sport Marketing