8 de dez de 2009

Suspeita suspende licitação do projeto Torcida Legal

O Ministério do Esporte suspendeu a abertura das propostas do processo de licitação para o projeto Torcida Legal, que escolherá empresas que fornecerão equipamentos de segurança e monitoramento para os jogos do Campeonato Brasileiro das séries A e B do ano que vem. A licitação foi transferida para o próximo dia 15, após denúncia de favorecimento a algumas empresas concorrentes. A denúncia foi feita pelo senador Gilberto Goellner (DEM) que pediu na semana passada que o Tribunal de Contas da União e o Ministério Público Federal analisem a licitude do processo. Empresas prejudicadas também fizeram denúncias ao TCU e ao MP. O projeto Torcida Legal envolve um investimento de cerca de R$ 80 milhões na automação de toda a segurança em 31 estádios que sediam jogos de futebol durante o Campeonato Brasileiro. As empresas escolhidas deverão instalar catracas eletrônicas, sistemas de monitoramento interno e externo e bancos de dados para coletar e fornecer a identificação dos torcedores.
Redação Sport Marketing