8 de dez de 2009

Patrícia Amorim quer unificação do Flamengo

"O Flamengo deveria estar mais evoluído em algumas coisas. Não tem um projeto de sócio, o associado não tem prioridade na simples compra de ingressos, o que é um caos hoje. Ele não tem desconto para comprar uma camisa na loja oficial do clube. Se você nao se preocupa com o torcedor, começa a ficar distante da nação rubro-negra", esta foi a primeira declaração de Patrícia Amorim eleita presidente do Flamengo para o próximo triênio que terá início no dia 01 de 2010. "Márcio Braga é um presidente vencedor, mas a questão de relacionamentos com instituições, com a CBF, com o Clube dos 13 e o Comitê Olímpico é conflitante. Se não se relaciona, você vai vender o que? Precisamos fortalecer o tecido social do Flamengo", cutucou Márcio Braga, que sempre se posicionou contra ao Comitê Olímpico Brasileiro e, apenas recentemente, passou a ver os esportes olímpicos como fonte de renda. Ler matérias arquivo
Sport Marketing: Marketing do Flamengo não segura esportes olímpicos, Sport Marketing: Conselho de Clubes Formadores de Atletas Olímpicos, Sport Marketing: Esportes Olímpicos viram as 'galinhas dos ovos de ...
Redação Sport Marketing