8 de dez de 2009

Meio Ambiente: Coca-Cola verde

A Coca-Cola anunciou que eliminará gás-estufa das novas máquinas de vendas e refrigeração. A medida irá incentivar a refrigeração ecologicamente responsável na indústria que vai substituir o hidrofluorcarboneto, conhecido como HFC, nas máquinas até 2015. O sistema de refrigeração da Coke, no geral, emite 15 milhões de toneladas métricas de gases-estufa anualmente - cerca de 40% do total de emissões da empresa. Os gases-estufa de hidrofluorcarbonetos são especialmente responsáveis pelo aquecimento global e há previsões de que em 2050 eles responderão por 28% a 45% das emissões de carbono. Embora o dióxido de carbono também seja um gás-estufa, ele tem um menor impacto ambiental - mais de 1.400 vezes menor do que outros gases refrigerantes. Para acelerar a transição para as máquinas mais verdes, a Coke e seus parceiros vão comprar 150 mil unidades de equipamentos de refrigeração que não utilizam o HFC em 2010, dobrando o ritmo de compra de novos sistemas da companhia. A Coca-Cola é patrocinadora do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional desde 1928 e desenvolve ação para que o impacto dos Jogos não abale o meio ambiente. A fabricante de refrigerantes também é patrocinadora FIFA.
Redação Sport Marketing