16 de dez de 2009

Flamengo usa logomarca Rio-2016

Desde que a cidade do Rio de Janeiro ganhou a candidatura para sediar os Jogos Olímpicos de 2016, as regras referentes aos direitos que englobam o marketing olímpico já passaram a ser administradas pelo Comitê Organizador Rio-2016 que, daqui prá frente, terá muito trabalho para evitar ações de marketing de emboscada ou uso indevido das propriedades que envolvem o mega evento. Entenda como propriedades de marketing olímpicas: aros olímpicos, logomarca dos Jogos Rio-2016, slogans etc. Recentemente, a equipe de basquete do Flamengo, sem patrocínio na camisa desde o término da primeira temporada do Novo Basquete Brasil (NBB) adotou na parte frontal do uniforme o logotipo dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016. A ação foi realizada sem autorização do Comitê Organizador dos Jogos Rio-2016, que é detentor de todos os direitos das marcas olímpicas referentes ao evento. Por sorte, a recém-eleita presidente do clube Patrícia Amorim, tem excelente relacionamento com o Comitê Olímpico Brasileiro e ela, que esteve presente no lançamento da obra Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros e leu a obra, certamente, tem noção das regras que permeiam o marketing olímpico. O livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros, traz uma profunda pesquisa sobre o tema e como os Cons - Comitês Olímpicos Nacionais, OGOC's - Comitês Organizadores e IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional trabalham com direitos e propriedades do programa de marketing! Fica para o departamento de marketing do Flamengo a dica de leitura!

Redação Sport Marketing