8 de dez de 2009

Adriano fatura alto com royalties de camisas

A Olympikus fornecedora oficial de materiais esportivos do Flamengo paga 200 mil reais mensais do salário do Imperador Adriano. Do total de 932 mil peças de materiais esportivos vendidos com a marca Flamengo, no período de janeiro a novembro deste ano, 80% foram camisetas com o número 10 o que significou para o clube cerca de 8,3 milhões de reais só com vendas de camisetas com o nome Adriano que embolsou cerca de 830 mil reais em royalties. Mesmo faturando alto com a venda de camisas, o Imperador preferiu comemorar a conquista do sexto título brasileiro do clube da Gávea, sem camisa e, consequentemente, sem a marca dos patrocinadores do time. A marca lançou uma camisa comemorativa com os dizeres: “ Hexa na Raça”, que pode ser encontrada na loja inaugurada mês passado, a Fla Concept, na sede do clube, na Gávea, zona Sul do Rio. Além da camisa, a Vulcabrasazaléia – detentora da Olympikus - vai lançar uma linha de chinelos da marca Opanka em homenagem ao clube carioca com modelos femininos e masculinos nas cores do clube.

Redação Sport Marketing