19 de nov de 2009

Presidente do COB recebe prêmio nos EUA

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, conquistou o Eagle Award, o maior prêmio internacional concedido pela Academia de Esportes dos Estados Unidos. Nuzman recebeu, uma placa e troféu das mãos do presidente do Conselho de Negócios para Cooperação Internacional, Peter Tichansky, representando o presidente da Academia de Esportes dos Estados Unidos, Thomas Rosandich. De acordo com Thomas Rosandich, o prêmio foi concedido a Nuzman em reconhecimento à “liderança do presidente do COB, que levou o Brasil ao direito de receber os Jogos Olímpicos de 2016, que serão os primeiros na América do Sul. Além disso, é o reconhecimento ao sucesso na organização dos Jogos Pan-americanos do Rio, em 2007, além dos vários anos dedicados ao desenvolvimento do esporte no Brasil”. Antes de Nuzman, apenas um brasileiro havia recebido a honraria: Pelé, em 1995. “É uma honra receber o prêmio da Academia de Esportes dos Estados Unidos, uma das mais prestigiadas instituições acadêmicas ligadas ao esporte em todo o mundo”, disse Carlos Arthur Nuzman. “Este prêmio vem em reconhecimento por tantos anos de trabalho em prol do Movimento Olímpico. A conquista do direito de organizar os primeiros Jogos Olímpicos na América do Sul veio através de muita dedicação e esforço”, completou Nuzman. O Eagle Award é oferecido anualmente a líderes esportivos mundiais com reconhecida contribuição na promoção internacional de harmonia, cooperação e paz através do esporte. Além de Nuzman e Pelé, nomes como Juan Antonio Samaranch (1999), presidente honorário do Comitê Olímpico Internacional; Mario Vazquez-Raña (1987), presidente da Organização Desportiva Pan-americana; o príncipe Albert, de Mônaco (1997), que é membro do COI e ex-atleta olímpico; o governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger (2002), entre tantos outros. O prêmio foi instituído em 1986. A Academia de Esportes dos Estados Unidos é uma instituição independente, sem fins lucrativos, criada para servir os Estados Unidos e o mundo com programas educativos, pesquisas e serviços esportivos.
Redação Sport Marketing