16 de nov de 2009

Crise afeta venda de camisas do Real

A venda de camisas do Real Madrid não é mais a mesma. Segundo matéria da TV Bloomberg, as lojas autorizadas a vender as camisas dos craques do clube merengue que atualmente são Cristiano Ronaldo, Kaká e Benzema, registaram uma queda de 25% das vendas, em comparação ao ano de 2003, período em que as estrelas do time eram Beckham, Zidane e Figo. "O ano, em que Beckham chegou, foi fantástico. Estávamos sempre sem camisas, eram todas vendidas. Agora há sempre em estoque", assegurou Isabel Botía, gerente de uma loja de Salamanca. A Bloomberg justifica esta queda também se deve à crise econômica que assola a Espanha, a pior nos últimos 60 anos, com o desemprego a chega aos 19,3 por cento. "É culpa da crise, sem dúvida. Houve um aumento quando Cristiano assinou, mas agora não há muita procura", explicou Eugenio Martínez, dono de uma loja em Madrid.
Redação Sport Marketing