16 de nov de 2009

Credit Suisse fecha com Roger Federer por 10 anos

O banco suíço Credit Suisse assinou contrato de patrocínio de 10 anos com o tenista Roger Federer. O banco diz que vai fazer uma "contribuição significativa" anual para a Fundação Roger Federer, instituição de caridade fundada pelo tenista para ajudar crianças carentes na África. O Credit Suisse se recusou a dizer os valores do negócio vale e nem o quanto irá repassar para a fundação de Federer. O banco se retirou como patrocinador da F1 no ano passado.
Redação Sport Marketing