13 de jul de 2009

Estádio Olímpico de Londres fora da candidatura inglesa à Copa

O Estádio Olímpico de Londres não será utilizado na candidatura da Inglaterra para a Copa do Mundo 2018. O estádio com capacidade para 80.000 pessoas custou mais de 500 milhões de libras. O estádio terá a quantidade de lugares diminuída para 25.000 assentos após os Jogos de 2012, além de uma pista de atletismo deixada como legado no local. "Não há orçamento para a manutenção de um estádio 80.000 lugares entre 2012 e 2018," disse a ministra dos Jogos Olímpicos Tessa Jowell em entrevista à rede BBC. "Temos sido muito claros em nossos compromissos com o COI e o legado será um estádio com capacidade de também sediar o GP de atletismo" - acrescentou. Há um grande receio que o Estádio Olímpico tornar-se mais um elefante branco, já que os clubes de futebol não demonstram mais interesse, porque não são favoráveis a estádios com pista de atletismo em torno do campo. "Não há negociações em curso com nenhum time da Premier League com relação ao Estádio Olímpico, nem existem planos para que o estádio seja palco da Copa do Mundo", Jowell acrescentou. "Se a Inglaterra ganhar a Copa do Mundo já tem Wembley."
Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres