3 de jun de 2009

Governo português investe 14,6 milhões de euros nos esportes olímpicos

O Instituto do Desporto de Portugal (IDP) e o Comitê Olímpico de Portugal (COP) assinaram contrato de parceria. O governo português irá investir 14,6 milhões de euros, mais 4,3% em relação à verba destinada aos Jogos de Beijing 2008. A verba irá financiar o programa de preparação dos atletas para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e as esperanças olímpicas 2016. Os 14,6 milhões de euros dividem-se em vários segmentos: Jogos Londres 2012 (10,4 milhões de euros), Projeto Esperanças Olímpicas (2,6 milhões de euros), Projeto de Apoio Complementar (1 milhão de euros) e Gestão do Programa (600.000 euros). O contrato-programa hoje assinado prevê a atribuição dos 14,6 milhões de euros em quatro anos: 2,2 milhões de euros em 2009; 3,9 milhões de euros em 2010; 4,3 milhões de euros em 2011 e, finalmente, 4,2 milhões de euros em 2012, ano dos Jogos Olímpicos de Londres.P aralelamente a este contrato, o governo tem previsto um investimento de 52,8 milhões de euros na criação de uma rede nacional de centros de alto rendimento e que integra várias modalidades olímpicas. Para Agosto já está prevista a abertura do Centro de Alto Rendimento da Anadia, que acolherá modalidades como ciclismo, esgrima, ginástica, judo, trampolins e esportes acrobáticos.
Redação Sport Marketing