30 de jun de 2009

Governo estuda aumento do repasse da Lei Agnelo/Piva

O governo federal promete tomar uma solução salomônica com relação ao repasse da Lei Agnelo/Piva. A nova proposta é de aumento de 0,5%. Com isso, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) segue administrando os 2,o% a que sempre teve direito e lutopara tal, enquanto que os clubes de futebol, passariam a receber o montante correspondente ao acréscimo de 0,5% na distribuição dos recursos. A solução atende aos apelos dos clubes formadores de atletas e ao COB. Depois de aprovada, a proposta segue para o Ministério do Esporte, que auxiliará nas negociações com a Caixa. "Continuaremos com a nossa proposta de receber 30% dos 2% que o COB recebe. Mas se recebermos 0,5%, abriremos mão dela" - afirmou o presidente do Pinheiros e representante na comissão do Conselho de Clubes Formadores de Atletas Olímpicos (Confao), Antonio Moreno Neto, em matéria do jornalista Michel Castelar, publicada no portal Lancenet. A verdade é que ciente de que não tem forças contra o COB, o Confao optou por lutar ao lado do COB pelo aumento do repasse. "Fizemos os clubes ver que não há como o COB perder recursos. Isso prejudicaria a todos. Lutaremos juntos para aumentarmos o repasse, porque a outra opção (ceder 30% dos recursos que a entidade recebe) é inviável" - enfatizou Marcus Vinicius Freire, Superintendente Executivo de Esportes do COB.
Ler matérias arquivo:
Redação Sport Marketing