4 de jun de 2009

FIFA registra lucro

A FIFA registrou lucro de US$184 milhões em 2008. Mas as contas mostraram uma enorme dependência da Copa do Mundo. Quase totalidade dos rendimentos da FIFA vieram de eventos, principalmente a Copa do Mundo. As receitas foram de US$957 milhões, advindas, principalmente, de direitos de marketing (US$253 milhões-R$499 milhões) e venda de direitos de transmissão (US$550 milhões - R$ 1,085 bilhão) da Copa do Mundo de 2010. A informação é da Associated Press que destaca que o balanço mostra que as despesas FIFA foram de US$773 milhões. Os ativos valem cerca de US $ 1,6 bilhão. "Estamos em uma situação financeira sadia, poderia mesmo dizer uma confortável situação financeira" - disse o presidente da FIFA Sepp Blatter durante o congresso da FIFA nas Bahamas. O orçamento do próximo ano prevê um rendimento de US$866milhões e despesas de US$1.1bilhão como os custos da organização da Copa do Mundo da África do Sul. O orçamento para 2010 foi aprovada por 99% dos delegados, embora a FIFA tenha recebido críticas do holandês Harry Been que falou em nome UEFA. Para Copa do Mundo de 2014, a FIFA já vendeu todos os níveis de patrocínio mundial e um local (Banco Itaú), além de parte dos direitos de transmissão. Outras cinco categorias de patrocínio local ainda estão em aberto e neste caso, o Comitê Organizador Local (COL) pode ficar com a verba. Os novos contratos para 2014 foram fechados no primeiro semestre de 2008, com a Castrol e a Continental. Este dinheiro, entretanto, não será usado para a construção de estádios ou infraestrutura para a Copa do Brasil, que ficarão a cargo dos governos estaduais.
Redação Sport Marketing