19 de jun de 2009

Crise começa a alterar hábitos de consumo do esporte

A crise financeira mundial começa a afetar a rotina de consumo dos aficcionados por esporte. Esta foi a conclusão de um relatório da consultoria Sport + Markt, o qual constatou que a maior parte dos consumidores irá manter os gastos em esportes, mas que a preocupação com a crise financeira mundial começa a ditar novas regras de consumo na indústria do esporte. De acordo com a pesquisa 60% dos alemães e 63% dos britânicos entrevistados descreveram a atual situação financeira como "preocupante", mas apenas 28% dos alemães e 35% dos cidadãos britânicos encaram a própria situação como "negativa". Entre o universo dos entrevistados, apenas 17% dos alemães pensam em diminuir a freqüencia em eventos esportivos para poupar dinheiro e cerca de 19% vão assistir aos eventos esportivos pela tv. Já no Reino Unido, 34% dos entrevistados afirmam que vão assistir menos eventos esportivos por causa da recessão. A queda no consumo não é uniforme entre os diferentes setores. A pesquisa realizada pela Sport + Markt mostra que, em ambos os países, os entrevistados disseram que vão reduzir o consumo apenas marginalmente, mas caso o arrocho de crédito não se intensifique nos próximos meses, todo o setor esportivo deverá sobre ligeira queda.
Redação Sport Marketing