16 de mai de 2009

Santander solidarializa-se com futebol mexicano

O Banco Santander, principal patrocinador da Copa Libertadores da América, exigiu que a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) "compense adequadamente" o futebol mexicano. As equipes Chivas Guadalajara e o San Luis de Potosí da Libertadores da América foram retiradas do evento, conta da epidemia da gripe A (H1N1). A decisão deixou o México sem representantes na competição. Em um comunicado divulgado pela imprensa mexicana, o Banco Santander manifestou interesse em que as relações entre a Conmebol e a Federação Mexicana de Futebol (FMF), "se resolvam positivamente, o mais rápido possível". "Reconhecemos o caráter excepcional da situação, que transcende o âmbito esportivo, e as dificuldades para a sua justa resolução"- admitiu a instituição financeira em nota. No dia 8 de maio, a FMF também anunciou que o futebol mexicano se retiraria de qualquer competição organizada pela Conmebol, como a Copa Sul-americana e a Copa América. Com isso, São Paulo e Nacional passaram automaticamente às quartas-de-final da competição.
Redação Sport Marketing