18 de mai de 2009

Jogos de Londres não terão influência da tv

Sebastian Coe presidente do LOCOG - London Organizing Committee Olympic Games - Conitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres refutou as afirmações de que os detentores dos direitos de transmissão dos Jogos irão determinar a programação do atletismo em 2012. "As pessoas dizem que vamos ter a prova dos 100 metros às duas horas da manhã? A resposta é categórica não. Não há qualquer pressão por parte das empresas de televisão, quer nacionais ou internacionais, para alterar os horários das provas. Essa é exatamente a relação que queremos, um calendário que funcione para os atletas" - disse Coe em entrevista do canal americano NBC, rede detentora dos direitos de tv com excusividade para os Estados Unidos. "As cinco horas de fuso é relativamente benigna, em comparação com alguns dos fusos horários de outras sedes do passado -, na verdade, não existe nenhuma pressão" - acrescentou.


Redação Sport Marketing