3 de mai de 2009

Ecclestone não pretende repassar verba da Honda para Brawn GP

Bernie Ecclestone, dono dos direitos comerciais da F1, afirmou ao jornal inglês The Independent, que Brawn GP não terá direito à verba que seria destinada à Honda. A Formula One Management (FOM), empresa de Ecclestone, reparte anualmente com as equipes, parte dos lucros da temporada, conforme o desempenho das escuderias no Mundial. Pela temporada de 2008, a Honda teria direito a receber cerca de 20 milhões de libras (R$ 64 milhões) para investir em 2009. Para efeitos legais, a Brawn GP não é considerada a mesma organização. "Essa quantia não será paga à Brawn. Talvez ela nem seja repassada. Nós FOM podemos ficar com ela" - disse Ecclestone. Ainda de acordo com o periódico inglês, o dirigente criticou a opção pelo nome da escuderia. "Brawn GP não é um bom nome. Não significa nada para o público." A Brawn GP lidera o Mundial de Construtores com 50 pontos, soma três vitórias na temporada, todas de Jenson Button, líder entre os pilotos, com 31 pontos. O piloto brasileiro Rubens Barrichello é o vice-líder, com 19.
Ler matérias arquivo:

Redação Sport Marketing