20 de mai de 2009

Astana paga parte dos salários de ciclistas

Os donos da Astana afirmam que já pagaram parte dos salários devidos aos ciclistas que estão realizando o Giro d'Italia. A informação é do gerente geral Johan Bruyneel em resposta ao protesto que os ciclistas estão realizando, ao cobrir a marca do patrocinador nas camisas por falta de pagamento. A União Internacional de Ciclismo (UCI) também ameaçou tirar a licença da equipe Astana. Bruyneel e Lance Armstrong, que não recebem salários da Astana, estão ponderando as novas ações da equipe. "Eles pagaram parte do dinheiro, mas a maior parte ainda falta"- disse Bruyneel para o jornal italiano Gazzetta dello Sport. "Eu acho que antes de 31 maio a empresa irá completar o pagamento, em seguida, cabe à UCI decidir sobre o futuro da equipe" - acrescentou.
Redação Sport Marketing