30 de abr de 2009

FIFA de olho na gripe suíça na África do Sul

A FIFA anunciou que irá supervisionar os casos de suspeita de gripe suína na África do Sul. A entidade está preocupada, uma vez que em seis semanas, o país irá organizar a Copa das Confederações. Dois casos de suspeita de gripe suína foram detectados nesta quarta-feira no país. O Instituto Nacional para as Doenças Transmissíveis anunciou que as autoridades sanitárias colocaram sob vigilância uma mulher que se deslocou ao México no início do mês e que apresentava sintomas da gripe. A porta-voz do Instituto, Lucille Blumberg, afirmou que a gripe suína não foi excluída relativamente a este caso. O segundo caso provável é um habitante de Gauteng que se deslocou igualmente ao México no início do mês e que apresenta sintomas similares."Esperamos que a gripe seja controlada antes que as sete equipes deixem os países para disputar na África do Sul a Copa das Confederações"- declarou o secretário-geral da FIFA, Jerôme Valcke, durante uma conferência de imprensa em Joanesburgo. Segundo ele, peritos médicos da FIFA devem reunir-se esta semana em Zurique (Suíça) para discutir a epidemia de gripe suína. Se os dois casos forem confirmados, serão os primeiros de gripe suína identificados na África do Sul e no continente africano.



Redação Sport Marketing