8 de abr de 2009

Cori quer ver contrato do Timão com marca de laticí

O Conselho de Orientação do Corinthians (Cori) pretende rever o contrato de patrocínio com a Batavo. Especula-se que há uma cláusula no acordo que prevê quebra do contrato caso o atacante Ronaldo deixe o clube antes de 31 de dezembro. Caso seja verdade, a empresa pagaria apenas 50% do total de R$ 18 milhões. De acordo com Caio Campos, gerente de marketing do Corinthians, se Ronaldo rescindir o contrato, o clube embolsará R$ 25 milhões, que é o valor da multa. Desta forma, mesmo sem a Batavo, há a possibilidade de uma injeção de dinheiro no caixa corintiano.

Redação Sport Marketing