24 de mar de 2009

Nike pretende investir forte na China

Nike pretende investir forte na China, o segundo maior mercado fora dos Estados Unidos. A empresa partrocina a liga de futebol no país, contrato que vigora até 2009, pagando US$ 15 milhões, mas já está em conversações para estender o negócio pelos próximos nove anos após a atual temporada. A Nike ofereceu pela renovação do acordo o valor de cerca de US$ 200 milhões. A fabricante de materiais esportivos anunciou planos para investir US$ 99 milhões para construir um novo centro logístico no leste chinês. A instalação, será concluída no próximo ano, é o maior centro de logística da Nike na Ásia. De acordo com o periódico Beijing Times, os primeiros US$ 15 milhões serão fornecidos para 12 dos 16 times da liga US$ 732.000 será entregue em equipamentos e US$ 220.000 em dinheiro. A verba restante será detida na Super League. Se o contrato de longo for acordado, a Nike realizará um aporte financeiro por ano de US$ 30 milhões até 2018. A quantia representa um reforço importante no futebol chinês em tempos em que o mundo vive uma forte crise financeira.

Jing Wang - Correspondente Sport Marketing - China