17 de mar de 2009

Mercado: AIG sob os olhos de Obama

O presidente Barack Obama se comprometeu a tentar impedir que a gigante em queda do setor de seguros, a AIG, pague centenas de milhões de dólares em bônus para executivos, à medida que o governo luta para evitar um movimento populista de oposição aos bancos e Wall Street, que poderá complicar a agenda de recuperação econômica do mandatário. "Nos últimos seis meses, AIG recebeu significativas somas em dinheiro do Tesouro dos Estados Unidos"- disse Obama. O presidente acrescentou que pediu ao secretário do Tesouro, Timothy F. Geithner, que "use essa alavancagem e persiga cada caminho legal para bloquear esses bônus." Em comentários severos feitos na Casa Branca para proprietários de pequenas empresas, Obama denominou a AIG de "corporação que se encontra em um desastre financeiro devido à irresponsabilidade e à ganância." A ajuda do governo para a seguradora AIG teve início no outono passado (setembro-novembro) com um empréstimo emergencial do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), de US$ 85 bilhões. A assistência do contribuinte já avançou para US$ 170 bilhões, e o governo detém quase 80% da companhia. Em virtude da crise financeira, a AIG que investia alto em marketing esportivo, tem saído do cenário do esporte (ler matérias arquivo Sport Marketing: Americanos contra altos contratos de naming rights; Sport Marketing: Sai AIG entra Saudi Telecom na camisa do ... ; Sport Marketing: AIG fora do Manchester; Sport Marketing: Manchester United corre risco de perder patrocínio; Sport Marketing: Patrocínio de camisas supera expectativas na ...;Sport Marketing: ING vai abadonar a Renault e a Fórmula 1) .

Redação Sport Marketing