14 de mar de 2009

FINA estipula e aprova regras de maiôs

A Federação Internacional de Natação (FINA) aprovou as emendas propostas em fevereiro sobre a fabricação e as condições de utilização dos maiôs, durante uma reunião do comitê executivo, em Dubai, nos Emirados Árabes. De acordo com as novas regras, os maiôs não devem cobrir o pescoço e não podem ir além dos ombros e dos tornozelos; a espessura do material está limitada a um milímetro, o uniforme precisa se manter preso ao corpo do nadador, sem permitir que haja armazenamento de ar, os nadadores não podem levar mais de um maiô para as competições, o maiô não pode ser personalizado,o nível de flutuação da roupa não pode exceder um newton. Todos os modelos de maiô devem ser apresentados à federação antes de 31 de março, inclusive os que já tiverem sido homologados. Os uniformes aprovados conforme as novas regras poderão ser utilizados até o dia 31 de dezembro e deverão levar o selo da Federação. A partir de 1º de janeiro de 2010, os maiôs utilizados em competições deverão atender a critérios de permeabilidade definidos pela FINA, que vai realizar um teste. Os materiais não permeáveis (tipo neoprene) não podem constituir mais de 50% do traje.

Redação Sport Marketing