17 de mar de 2009

FIA estipula teto orçamentário

A partir de 2010, a F1 trabalhará com teto orçamentário. O objetivo é equilibrar a disputa esportiva e contornar a profunda crise econômica mundial. De acordo com a FIA, o valor máximo será de 30 milhões de Libras, cerca de R$ 95 milhões. Os carros também terão que ser construídos e operados com esse teto de orçamento. Uma rigorosa auditoria de custos será implementada para garantir que a regra seja cumprida por todas as escuderias. Será permitido para as equipes menores, liberdade técnica, a fim de equalizar forças. Os carros de 2010 terão maior eficiência aerodinâmica (padronizada), asas móveis e os motores estão livres do congelamento e sem limitações.

Redação Sport Marketing