27 de mar de 2009

Clubes ingleses resistem à crise

Os times de futebol da Inglaterra parecem ainda não sentir os reflexos da crise econômica mundial. Mesmo assim, crescem as especulações sobre os sintomas que a crise possa criar na Liga. De acordo com Lord Mawhinney, presidente da Liga, o futebol inglês ainda não foi alcançado pelo impacto da desaceleração econômica, devido às estratégias empresariais colocadas em ação antes da recessão econômica, tais como: hospitalidade corporativa e venda de ingressos especiais etc. Mas, a marola da crise pode se tornar um tissunami. Ano passado, Lord Triesman, presidente da Football Association advertiu os times ingleses sobre o perigo da crise econômica, devido à grande quantidade de dívidas. Manchester United, Liverpool, Arsenal e Chelsea detém dívidas em torno de £ 3bilhões e a situação ainda pode piorar.

Redação Sport Marketing