20 de mar de 2009

China barra Coca-Cola

O investimento da Coca-Cola em patrocinar atletas chineses como o gigante do basquete norte-americano Yao Ming e Liu Xiang, medalha de ouro nos 110 metros com barreiras em Atenas 2004, e em divulgar a marca durante os Jogos Olímpicos parece não ter surtido o efeito esperado de abrir fronteiras novas no mercado mais concorrido do planeta! O governo da China rejeitou a oferta de US$ 2,3 bilhões feita pela Coca-Cola para adquirir as operações da China Huiyuan Juice Group. De acordo com o governo chinês, o negócio atrapalharia a competição no mercado de bebidas do país. O Ministério do Comércio chinês alegou que o bloqueio foi realizado por que a operação criaria uma posição dominante para a Coca-Cola, limitando a competição e dificultando a sobrevivência de companhias menores. "Isso poderia forçar os consumidores a pagarem preços mais elevados para terem uma menor variedade de produtos"- ressaltou o Ministério em comunicado público em seu site. A decisão irá impedir a maior aquisição da fabricante de bebidas em um país estrangeiro, além de custar a oportunidade de aumentar a participação no mercado de sucos da China para mais de 20% (ler matérias arquivo Sport Marketing: Nova propaganda olímpica da Coca-Cola ; Sport Marketing: Troca de pins bomba na Vila Olímpica; Sport Marketing: Coca-Cola renova design visando Beijing 2008; Sport Marketing: Coca-Cola já tem planos de marketing para Jogos ... ; Sport Marketing: Coca-Cola equipa restaurantes da Vila Olímpica de ... ; Sport Marketing: McDonald's e Coca-Cola lançam "Copos Beijing 2008".; Sport Marketing: Coca-cola espalha cordas nas ruas do Brasil; Sport Marketing: Coca-Cola fecha com ouro campanha olímpica; Sport Marketing: Especial: Yao Ming e Coca-Cola, entre tapas e beijos) .

Redação Sport Marketing