30 de mar de 2009

CBF assume gerência da Série B

A CBF rompeu o contrato que mantinha com a Futebol Brasil Associados (FBA), que vinha gerindo a Série B do Campeonato Brasileiro desde 2002. Os motivos para o fim da parceria ainda não foram divulgados oficialmente. A informação partiu do site UOL Esporte que procurou o presidente da FBA, José Neves Filho, quem se mostrou surpreso com a notícia."Eu não sei a razão e não vi nenhum motivo, pois a FBA vinha em uma crescente. Estou aguardando algum comunicado para tomar uma providência, pois temos contrato com a CBF até 2010" - disse Neves Filho, à reportagem do UOL Esporte. Ele lembrou os outros acordos comerciais que possui como argumento contra o fim da parceria com a entidade que comanda o futebol brasileiro."Temos contratos com a Nova Schin, com a Penalty, e muitos outros para as placas. Ai que está o grande nó. Estou esperando algum comunicado para entender o porquê desta decisão unilateral". A CBF emitiu um comunicado no site oficial da entidade alegando que a ruptura com a FBA aconteceu após uma reunião entre dirigentes dos 20 clubes participantes da Série B deste ano, além do presidente da entidade, Ricardo Teixeira, do diretor técnico Virgílio Elísio e ainda do diretor da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto. Ainda de acordo com a mesma nota, a reunião serviu para que a CBF fosse instituída como a única gestora da Série B, além de os clubes e a Globo assinarem a cessão dos direitos de transmissão do torneio.

Redação Sport Marketing