31 de mar de 2009

Brawn comemora nas pistas e demite em massa

A Brawn GP anunciou o corte de aproximadamente 270 funcionários. “ Temos cerca de 700 funcionários neste momento e queremos reduzir nossa equipe para 430 ou algo assim, para retornar ao nível que tínhamos em 2004 (na BAR). É uma pena ter de fazer isso, mas é resultado das mudanças do regulamento técnico e da nossa realidade, já que somos, agora, um time independente”- disse Nick Fry, CEO da escuderia, à agência de notícias Reuters. A notícia é divulgada pela escuderia, um dia depois de estrear na F1 com dobradinha no GP da Austrália. A Brawn GP continua com a estrutura vinda da Honda F1,com fábrica em Brackley, na Inglaterra.

Redação Sport Marketing