18 de fev de 2009

Mercado: Bebida feita de urina de vaca é popular na Índia

Na região indiana de Haridwar é difícil encontrar Coca-Cola. É que os locais, como alternativa, têm um substituto ao refrigerante mais popular do mundo: o gau jal, uma bebida feita de urina de vaca. Um grupo cultural conhecido localmente, o Rashtriya Swayamsevak Sangh, desenvolveu a bebida. A ideia, agora, é exportar o refrigerante mais popular da região de Haridwar para outras localidades na India e no mundo. A bebida ainda está em fase final de desenvolvimento no Departamento de Proteção da Vaca, da organização Rashtriya Swayamsevak Sangh (RSS), segundo reportagem do jornal inglês "The Times". O chefe do departamento, Om Prakash, disse que a bebida chamada "Gau jal" ("água de vaca") está em testes laboratoriais e deve ser lançada oficialmente "em breve, talvez até o final deste ano". "Ela não cheira como urina e vai ser gostosa"- disse Prakash ao "The Times", na cidade de Hardwar. Segundo ele, a bebida vai ser muito saudável e será desprovida de qualquer toxina. O refrigerante de urina de vaca é a mais recente tentativa da RSS, que foi fundada em 1925 e diz ter oito milhões de membros, para livrar a Índia da influência estrangeira e promover a ideologia nacionalista Hindutva, que prega a supremacia hindu. Na Índia, o consumo de fezes de vaca é tido como normal, devido à adoração que os hindus têm do animal. Algumas regiões, urina e fezes de vaca são vendidos da mesma forma que leite e iogurtes. As mesmas matérias primas são também utilizadas para fazer pastas dos dentes indianas e isotônicos indianos. Com o gau jal, o departamento de proteção das vacas espera promover a crença de que a urina deste mamífero tem poderes curativos. Om Prakash, diretor responsável da bebida, quer desenvolver métodos mais eficientes para que a bebida tenha um prazo de validade maior e possa ser comercializada em outras regiões da Índia e até fora do país. Enquanto a mania da bebida ainda não é nacional e ne internacional, a Coca-Cola Co, a maior fabricante de refrescos do mundo, informou que obteve um lucro melhor que o esperado no quarto trimestre de 2008, graças ao aumento em volumes na China, Índia e Europa Oriental. A renda líquida da empresa no quarto trimestre caiu para US$ 995 milhçoes, ou 43 centavos de dólar por ação, frente a renda de US$ 1,210 bilhão, ou de 52 centavos por ação, de igual período do ano anterior. Excluindo alguns itens, a Coca-Cola teve um ganho de 64 centavos por título. Os analistas esperavam, em média, lucro de 61 centavos por ação, de acordo com a Reuters Estimates. Os ingressos da companhia caíram 2,7%, para US$ 7,130 bilhões, enquanto que as vendas a nível mundial por volume cresceram 4%. O volume na América do Norte caiu 3%.

Redação Sport Marketing