18 de fev de 2009

Isenção de impostos estimula patrocínio na Copa de 2014

Seguindo praxe de países que sediam a Copa do Mundo, o Ministério do Esporte prepara um projeto de lei que prevê isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto de Renda para empresas nacionais e internacionais. O projeto deverá ser encaminhado ao Congresso e espera-se que seja aprovado até o final do ano. Os estádios e hotéis que precisarão ser construídos em cidades-sedes da Copa de 2014 serão pagos pela iniciativa privada. Ao governo federal caberão investimentos de infraestrutura, como a ampliação de aeroportos, portos, estradas, redes de comunicação e sistemas de transportes públicos. "Rede hoteleira, estádio e arena é um assunto para a iniciativa privada" - afirmou Orlando Silva, que se reuniu com técnicos da FIFA e do Ministério da Fazenda.

Redação Sport Marketing