15 de jan de 2009

Onda da crise oscila mercado do surf

A onda da crise financeira mundial parece estar se transformando em um tissunami na indústria do surf. São fortes os rumores sobre uma suposta concordata da Quiksilver internacional e a recente demissão de empregados na matriz da Reef, em San Diego, na Califórnia. Ainda é uma dúvida se a crise irá oscilar o circuito mundial e na renovação dos patrocínios dos principais surfistas da atualidade. A ASP World Tour, ou WCT tem dez provas previstas para serem realizadas, uma delas no Brasil. O fato é que oito das dez etapas do ASP World Tour previstas para serem disputadas em 2009 são patrocinadas por apenas 3 marcas : Billabong, Rip Curl e Quiksilver. Com o dólar subindo sem parar nos últimos meses, o custo anual para um surfista competir nas principais provas da segunda divisão está quase que duas vezes mais caro que no ano passado.

Redação Sport Marketing