5 de jan de 2009

Nascar vive aos trancos com momentos de crise

A crise financeira mundial está com o pisando fundo no automobilismo. A Nascar, stock car norte-americana, está andando no vermelho depois que as montadoras resolveram fechar os cofres e cortar investimentos em marketing esportivo. A Chevrolet reduzirá os acordos de publicidade e patrocínio com 12 autódromos. A Ford está diminuindo os gastos na corrida de Nascar em 20%, e a Chrysler em 30%. A Nascar, que depende de patrocínios de empresas mais do que outros esportes, está vulnerável, assim como a F1. Na temporada passada, 400 empresas colocaram mais de US$ 1,5 bilhão para patrocinar as corridas, os carros e os pilotos da stockcar americana. Cerca de um terço disso veio de empresas automotivas. Kodak, Texaco e Domino’s Pizza também anunciaram que estão abandonando a Nascar. É um grande revés para a Nascar, cujo crescimento disparou na década passada. Veja mais detalhes sobre esse tema no fórum da rede social Sport Marketing.

Redação Sport Marketing