19 de jan de 2009

BMW perde patrocíno na F1

O banco Credit Suisse não irá mais patrocinar a equipe BMW na F 1. A empresa suíça estava com a Sauber desde 2001 e seguiu com a equipe quando ela foi incorporada pela montadora alemã, em 2005. Mas, devido à crise financeira mundial, o banco decidiu não renovar o contrato de patrocínio, que se encerrou no final de 2008. De acordo com representantes do Credit Suisse, o banco está concentrando investimentos em eventos e instituições regionais, ao invés de grandes competições internacionais. O grupo citou os recentes patrocínios à Orquestra Filarmônica de Nova York e à National Gallery, em Londres.

Redação Sport Marketing