4 de jan de 2009

Atleta medalhista olímpico gay procura patrocínio

Matthew Mitcham está com receio de que o fato de ter revelado que é homosexual afaste as empresas australianas que o patrocinaram em Beijing. O garoto de 20 anos, venceu na plataforma de 10 metros, recebeu a mais alta pontuação na história olímpica e foi o primeiro australiano ganhar ouro na modalidade desde os Jogos de Paris (1924). Mesmo assim, as portas parecem ter se fechado para o atleta, que dias antes da conquista, em entrevista para o jornal australiano Sydney Morning Herald, assumiu que era gay e que, posteriormente, foi capa da revista gay internacional, The Advocate. Agora, ele luta para encontrar um financiador a ajudá-lo para os Jogos de 2012. "Estou trabalhando para arrumar um patrocinador, mas, não tenho nada ainda". Estima-se que apenas 11 atletas assumidos abertamente competiram em Beijing, entre 11.028 atletas de 204 países, Mitcham foi o único a ganhar uma medalha. Após a vitória na capital chinesa, onde foi assistido pelo parceiro Lachlan Fletcher, Mitcham foi votado o atleta australiano do ano e a imagem dele foi transformada em selo olímpico.

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres