14 de jan de 2009

Associação Olímpica Britânica perde patrocinador

A recessão devido a crise financeira mundial acabou com a esperança da B&Q participar dos Jogos Olímpicos de 2012. A queda do comércio de varejo fez mais uma vítima olímpica na Inglaterra, a B&Q, que anunciou o fim do patrocínio de atletas. A companhia patrocinou cerca de doze atletas olímpicos e paraolímpicos, oferecendo, inclusive, um programa de trabalho nas lojas, com base flexível de horários, dando-lhes a chance de ajustar trabalho aos treinos e competições. Entre os patrocinados pela marca estavam: Tom Daley, Blake Aldridge, Sarah Ayton,Kelly Holmes. A notícia veio quando a British Olympic Association (BOA) - Associação Olímpica Britânica confirmou que o patrocínio da rede de lojas, o qual expirou no fim de 2008, não será renovada para 2012. B&Q proveu a BOA com mobília e ajustes para o time britânico nos Jogos Olímpicos de Beijing mas, no clima de agravação da crise financeira, decidiu não estender o negócio. "Nós apreciamos o sucesso por nossa sociedade com o time da Grã Bretanha, mas decidimos não continuar a parceria que venceu no dia 31 de dezembro de 2008" - disse Jacqueline Caston, gerente de relações exteriores da B&Q. Outro contrato da BOA que também expirou e que ainda não foi renovado foi com a Michelob.

Redação Sport Marketing