30 de nov de 2008

Benfica apresenta resultados líquidos

O Benfica apresentou resultados líquidos de dois milhões de euros negativos no primeiro trimestre de 2008/2009, representando um decréscimo de 121% face a igual período do ano passado. O time português, que no primeiro trimestre de 2007/2008 alcançou nove milhões de euros de lucro, explica que a "queda" resulta, em parte, pelo fato da equipe de futebol ter falhado na qualificação para a Liga dos Campeões. "O decréscimo é explicado pela não participação na Liga dos Campeões, pela diminuição de mais-valias obtidas com a transação de direitos e pelos investimentos efetuados no reforço da equipe" - destaca um relatório enviado à Comissão do Mercados de Valores Mobiliários (CMVM). A equipe de futebol dos "encarnados" terminou a Liga em quarto lugar, o que resultou num impacto negativo de 4,8 milhões de euros. A venda dos direitos de Nélson, José Fonte e João Coimbra, geraram 5,4 milhões de euros. Os resultados operacionais do Benfica ficaram em um milhão de euros negativos, menos 109% do que no primeiro trimestre de 2007/2008. Comparativamente a a 30 de junho deste ano, o passivo aumentou 18,94%, estando agora em 148 milhões de euros, enquanto o ativo subiu 7,82%, rondando 120 milhões de euros.

Redação Sport Marketing

Motorola satisfeita com David Beckham

Apesar da crise financeira mundial forçar muitas empresas a cortare investimentos em marketing esportivo, a Motorola segue contando com o sucesso e a imagem do fenômeno de publicidade David Beckham. Os outdoors de Beckham com o celular Razr Motorola tornaram-se
uma visão familiar, desde que o ex-jogador do Manchester United, Real Madrid e da seleção da Inglaterra fechou contrato de endosso da gigante para campanhas de marketing global. A Motorola afirma que a popularidade da imagem do jogador ajudou a empresas em marcados como Ásia, África e Oriente Médio. Beckham assinou com a Motorola em maio de 2006, antes da Copa do Mundo da Alemanha. "David Beckham é possivelmente o rosto mais reconhecível no mundo e, definitivamente, o jogador mais carismático de sua geração" - disse Jeremy Dale, gerente de marketing da Motorola no seminário de negócios do futebol Soccerex, realizado em Johannesburg. "Ele também é adorado em mercados onde nossa marca não era tão forte. Antes de assinarmos com David, a Motorola tinha um movimento lento na China e em alguns outros países. David tem uma atração que não se restringe ao campo. Ele atrai atenção onde vai. Ele transcende esporte" - acrescentou. No Japão, o efeito de Beckham persuadiu rede móvel DoCoMo a adquirir o Razr. "Em uma semana nós fomos para o topo de vendas no mercado japonês" - disse Jeremy Dale. Na China, a presença de Beckham em Beijing, em dezembro de 2007, no lançamento do Razr 2 resultou em ganhos para a Motorola de US$10m em cobertura de mídia e a visita resultou em um recorde de 500 milhões acessos no site sina.com. "Se você comprar um endosso de uma estrela do esporte, você tem que poder mostrar um retorno" - acrescentou Dale. Agora, a Motorola se prepara para expandir atuação na Itália, aproveitando a ida de Beckham, por empréstimo, ao Milan. "A ida de David ao Milan significará um crescimento na Europa para nós. Ao longo dos anos, tem sido muito fácil trabalhar com ele" - finalizou. Terry Byrne, gerente pessoal da carreira de Beckham nos últimos seis anos, diz que existe muita concepção errada sobre compromissos de patrocínio do jogador. "Nós não permitimos qualquer atividade comercial 48 horas antes de um jogo" - afirmou Byrne. Em 2003, o time de Beckham decidiu reduzir o número de negócios dele de 14 para cinco. "Ele aceitou, a fim de trabalhar apenas com as melhores companhias". Além da Motorola, Beckham também endossa os produtos da Pepsi, Adidas, Giorgio Armani e Sharpie (ler matérias arquivo Sport Marketing: Pepsi desenvolve água com a marca David Beckham; Sport Marketing: Pepsi transforma Beckham em Indiana Jones; Sport Marketing: Beckham grava comercial da Adidas; Sport Marketing: O boneco David Beckham; Sport Marketing: David Beckham vende mais que NBA; Sport Marketing: Escolinhas David Beckham lançam livros; Sport Marketing: Milan confirma David Beckham; Sport Marketing: David Beckham assina com a Sharpie; Sport Marketing: David Beckham é garoto propaganda da Emporio Armani; Sport Marketing: Mural gigante de Beckham de cuecas pára o trânsito; Sport Marketing: David Beckham é estrela do encerramento dos Jogos ...; Sport Marketing: Pesquisa aponta dados interessantes do patrocínio ... ). De acordo com o revista americana Forbes, o jogador ganhou, em publicidade, mais de US$50m este ano, com um salário básico de US$55m que ganha do LA Galaxy.
Redação Sport Marketing

UEFA vai pagar indenização às emissoras de tv

A UEFA chegou a acordo com as emissoras de televisão afetadas pela interrupção da transmissão do jogo Alemanha x Turquia pelas quartas-de-final da Eurocopa 2008, realizada na Áustria e Suíça. De acordo com o jornal alemão ''Der Spiegel'', a organização européia irá pagar indenizações de “vários milhares de euros” à televisão pública alemã ZDF e à francesa TF1, que apresentaram uma queixa formal. O “Der Spiegel” salienta que a TF1 já confirmou o acordo, sem especificar o montante da indenização. O caso remonta a 25 de junho deste ano, em que a transmissão do encontro Alemanha-Turquia foi interrompida devido à tempestade que se abateu sobre a cidade de Viena, levando ao corte de imagem e de som (ler matéria arquivo Sport Marketing: TVs podem pedir indenização à EURO pela queda de ...)..

Redação Sport Marketing

Coca-Cola já tem planos de marketing para Jogos de 2012

A Coca-Cola da Grã-Bretanha estará relançando no mercado a recentemente adquirida marca de água mineral, Abbey Well. O novo produto será conhecido como Schweppes Abbey Well e estará disponível no mercado inglês já no próximo ano. A Coca-Cola adquiriu a companhia de bebidas, Waters & Robson, a qual ficará sob o 'guarda-chuva' da Schweppes. A Schweppes Abbey Well fará parte das ações de marketing da Coca-Cola junto aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres 2012 e será uma das bebidas do evento. Os planos de marketing em torno da marca ainda não foram revelados, mas a Coca-Cola disse que está planejando lançar promoções associadas com natação.

Redação Sport Marketing

Prefeito do Rio anuncia secretário de esportes

O recém-eleito prefeitodo Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou o nome do futuro secretário municipal de Esportes. O agraciado com o cargo será o deputado estadual Francisco Manoel de Carvalho, o Chiquinho da Mangueira. O anúncio foi feito durante visita à Vila Olímpica da escola. Aos 54 anos, Chiquinho da Mangueira já esteve à frente da pasta no âmbito estadual, por sete anos, nos governos Anthony e Rosinha Garotinho. O jornal carioca Extra publica uma matéria ressaltando a trajetória política de Chiquinho. "Ele estava no cargo em 2003, quando o então comandante do 4º BPM (Méier), Erir Ribeiro, o acusou de ter pedido uma trégua no combate ao tráfico de drogas na Mangueira. E denunciou ter sido exonerado por este motivo. De acordo com o oficial, Chiquinho solicitara em reunião a redução do número de operações na Mangueira, alegando que os bandidos queriam uma trégua, porque a venda de drogas estava caindo. Ainda segundo o tenente-coronel, o secretário teria dito que estava sendo pressionado pelos bandidos. À época, Chiquinho confirmou a reunião, realizada no batalhão, mas negou a acusação. Ele afirmou que, para evitar que crianças fossem feridas por balas perdidas, pedira apenas que as blitzes não fossem realizadas nos horários de entrada e saída das escolas. O inquérito foi arquivado pelo Ministério Público estadual. Também em 2003, dois agentes penitenciários disseram que Chiquinho, entre 1997 e 1999, visitava dois traficantes no presídio Bangu III. Ele negou e disse que foi ao presídio, a convite do diretor, para desenvolver projetos de ressocialização. No ano passado, o nome de Chiquinho apareceu em uma lista, apreendida pela Polícia Federal, durante a Operação Hurricane. Ele teria supostamente recebido doações de bicheiros e da máfia dos caça-níqueis para a campanha à Assembléia. Paes chegou a criticar a gestão do Maracanã ao assumir a Suderj, em 2007, no lugar de Sérgio Emilião, que ocupou o cargo de abril a dezembro do ano anterior. Antes dele, Chiquinho presidiu a entidade por dois governos. Na época, Paes, que também foi nomeado secretário estadual de Turismo pelo governador Sérgio Cabral, declarou que o gramado do estádio era um queijo suíço de tão esburacado e que sofria por vícios de administrações antigas. Ontem, Paes era só elogios para o novo colaborador: ' Não tem exemplo melhor no Rio do que o do Chiquinho, que é o grande condutor desse processo da Vila Olímpica da Mangueira. Tem a história de vida política voltada para a garotada, juventude e esporte.' Para Chiquinho, a campanha eleitoral os aproximou: 'Mostrei a ele que saí do Maracanã com aprovação de 79% dos torcedores que freqüentavam o estado'. Eleito em 2002 e reeleito em 2006, Chiquinho da Mangueira foi o idealizador da Vila Olímpica da Mangueira, em 1987; presidente da Federação de Atletismo nos anos 90 e presidente da Suderj por duas vezes. O futuro secretário anunciou ontem a criação de programas para descobrir novos talentos do esporte entre os alunos da rede municipal: 'Vamos fazer um trabalho para pinçar os melhores, exatamente como Cuba fez, e desenvolver esses talentos nas escolas, clubes e vilas olímpicas. Além de vilas olímpicas, a prefeitura pretende usar clubes ociosos, que poderão ter dívidas de IPTU negociadas, para complementar as atividades físicas de alunos de escolas municipais'. Chiquinho também espera poder organizar, no segundo semestre, a partir de 2010, um campeonato carioca com clubes de futebol da segunda e terceira divisões. Ele ainda quer investir no futebol feminino na cidade."

Redação Sport Marketing