27 de nov. de 2008

São Paulo em alta no gramado e em baixa no caixa

Nem tudo que reluz é ouro! Essa é a dura realidade que o São Paulo pode ter que enfrentar quando fechar as contas do ano. Mesmo perto da conquista do tricampeonato brasileiro, o toime do Morumbi pode fechar as contas com um déficit. Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, o clube soma um prejuízo de cerca de R$ 12 milhões em 2008. Será a primeira vez que o time do Morumbi encerra uma temporada na administração do presidente Juvenal Juvêncio (que assumiu em 2006) e desde 2004, quando não obteve nenhuma conquista. “Isso acontece porque neste ano não vendemos jogadores, como ocorreu nas temporadas anteriores. A crise está aí para todo mundo" - disse ao jornal paulista o diretor financeiro do São Paulo, Osvaldo Vieira de Abreu. O time não fechou nenhuma grande transação neste ano. Apenas o zagueiro Alex Silva foi vendido ao futebol alemão (mas o clube só recebeu R$ 3 milhões por 20% dos direitos) e o veterano atacante Aloísio deixou o elenco, com pagamento de US$ 1 milhão para se desligar. Em 2007, apenas com a venda do zagueiro Breno para o Bayern de Munique, os cofres do time receberam R$ 40 milhões para um total de R$ 76 milhões em dinheiro com negociações.

Redação Sport Marketing

Beckham grava comercial da Adidas

David Beckham gravou o novo comercial da marca Adidas. O tema do novo spot comercial da fábrica de materiais esportivos alemã é hip-hop. O jogador que é fã do gênero adorou participar da festa fictícia para o comercial. Missy Elliott, DMC e Estelle também participam do anúncio ao lado do jogador de basquete Kevin Garnett, do Boston Celtics, que se divertiu nas gravações.

Redação Sport Marketing

Fluminense apresenta uniforme 2009

O Conselho do Fluminense aprovou em reunião recente os novos uniformes para a temporada 2009. As principais mudanças estão nas camisas número dois e três. A camisa branca terá duas faixas diagonais, com as três listras da Adidas no ombro em grená e gola pólo. A inspiração veio do início do século, quando o Tricolor se vestia de maneira parecida. A grená contará com uma enorme faixa verde, na vertical, bem no centro e gola redonda. A camisa, que ficou parecida com os uniformes da comissão técnica, foi bem contestada pelos conselheiros, mas acabou aprovada. A camisa principal, a tradicional tricolor, é praticamente igual à atual. De novo apenas a gola em estilo "V".

Redação Sport Marketing

Maquinária Editora prepara livro do Corinthians

O primeiro projeto da recém-criada Maquinária Editora já nasceu. Trata-se da coleção Ídolos Imortais, inaugurada com o livro “Os dez mais do Flamengo”. Agora, a editora se prepara para o próximo lançamento: um livro do Corinthians, Dirigida pelos jornalistas cariocas Paschoal Ambrósio Filho e Roberto Sander, a Maquinária vai procurar ocupar uma fatia do mercado editorial com obras de não-ficção escritas essencialmente por jornalistas. A idéia é produzir livros com o perfil de reportagens históricas, nas quais a busca da agilidade do texto jornalístico, alicerçado pelo rigor de pesquisas minuciosas, será uma constante. “O livro do Flamengo é apenas o nosso pontapé inicial. Em dezembro, já sai o do Corinthians. A partir de março, praticamente todo o mês, teremos pelo menos um livro novo no mercado. Todos eles serão escritos por autores com formação jornalística. Entre eles estão Celso Unzelte (ESPN-Brasil), Arnaldo Ribeiro (Revista Placar), Paulo Marcelo Sampaio (TV Globo), Kenny Braga (Rádio Guaíba) e Marcelo Ferla (Revista Rolling Stones)” - disse Paschoal. Em meados de 2009, a Maquinária vai apresentar mais duas novidades. Um livro sobre o papel do futebol na formação da cidade de São Paulo, que está sendo escrito pelo jornalista Helvídio Mattos (chefe de reportagem da ESPN-Brasil), e a primeira obra de uma coleção sobre História do Brasil. Paschoal e Sander contam que essa parceria da Maquinária com os “coleguinhas” vai ser levada às últimas conseqüências. Até a escolha dos jogadores biografados na coleção Ídolos Imortais está sendo feita através de uma enquete entre jornalistas: “Logo percebemos que seria uma pretensão muito grande nossa definir os dez maiores jogadores de cada grande clube em todos os tempos. Por isso, pedimos a colaboração de jornalistas de destaque da imprensa brasileira. Nosso “júri” tem nomes de peso, tais como Ruy Castro, Fernando Calazans, Renato Maurício Prado, Roberto Assaf, Sérgio Noronha, Luiz Mendes, Daniel Piza, Heródoto Barbeiro, Celso Kinjô, José Geraldo Couto e Marcelo Duarte, entre outros. São profissionais desse naipe que ajudam o autor a definir quem são ‘Os dez mais’ de cada clube”- ressaltou Sander.“Assim a responsabilidade fica bem dividida, já que será impossível uma unanimidade sobre um tema tão polêmico. Sempre alguém vai achar que um foi mais ídolo do que o outro, o que é natural que aconteça”- completou Paschoal que tem 30 anos de experiência profissional. Foi editor-chefe na TV Bandeirantes, SBT-Rio e TV Manchete e gerente de eventos do canal Sportv da Globosat.

Redação Sport Marketing

Sport+Markt revela queda no valor de patrocínios de camisas

O valor do patrocínio nas camisas das principais equipes de futebol da Europa está em queda. De acordo com estudo realizado pela Sport+Markt, depois de seis anos em alta, esta é a primeira vez que os números caem. Na temporada 1999/2000 os clubes das principais ligas européias angariaram um total de 209,2 milhões de euros, um valor que foi subindo sucessivamente até a temporada passada, quando alcançou 405,3 milhões de euros. O estudo aponta que, neste ano, o valor dos patrocínios nas camisas dos clubes dos seis principais campeonatos europeus, onde não se inclui o português, ficará em torno de 393,2 milhões de euros. A Sport+Markt destaca também que o número de instituições financeiras ou seguradoras que patrocina os clubes das ligas inglesa, italiana, espanhola, francesa, holandesa, alemã desceu de 38 para 34 e que a baixa deverá ser ainda maior, uma vez que marcas como AIG, que patrocina o Manchester United, já anunciou que deixará de patrocinar o clube em 2010. Ainda segundo o estudo, o Manchester United foi substituído pelo Bayern Munique como o clube que conseguiu angariar um patrocínio mais lucrativo. Aston Villa e West Bromwich Albion estão sendo prejudicados pela crise financeira mundial e ainda não conseguiram angariar patrocínio para as camisas.

Redação Sport Marketing

Mercado: OdontoPrev conquista Índice de Sustentabilidade

A OdontoPrev, empresa parceira do Comitê Olímpico Brasileiro e maior operadora de planos odontológicos do Brasil, passa a fazer parte da nova carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo. As participantes da próxima carteira do ISE foram selecionadas entre 51 empresas que responderam a um questionário, desenvolvido pela FGV, e enviado a 137 companhias emissoras, dentre as 150 ações mais líquidas do mercado de capitais brasileiro. São ao todo 38 ativos de 30 companhias, totalizando, segundo a Bolsa, R$ 372 bilhões em valor de mercado. "A entrada da OdontoPrev no ISE é para nós uma grande honra. A Companhia sempre busca as melhores práticas de sustentabilidade e governança corporativa. No caso do ISE, que detém um conselho composto por importantes instituições do mercado, não poderíamos estar mais contentes com o reconhecimento" - disse José Roberto Pacheco, diretor de Controladoria, RI e Sustentabilidade da OdontoPrev. A nova carteira do ISE entrou em vigor no dia 1º de dezembro deste ano e ficará em vigência até 30 de novembro de 2009. Criado há três anos, o índice tem como base o conceito internacional Triple Botton Line (TBL), que avalia elementos ambientais, sociais e econômico-financeiros. A Odontoprev foi patrocinadora do livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros (selo COB-Cultural).

Redação Sport Marketing

Espanha estuda criar Ministério dos Esportes

O governo espanhol criará em breve o Ministério dos Esportes. Atualmente, esta disciplina está sob a responsabilidade do secretário de Estado para o Esporte, Jaime Lissavetzky, dependente do ministério de Educação, Política Social e Desporto."Quando houver uma reforma ministerial, haverá um ministério de Esportes" - prometeu o primeiro-ministro, José Luis Rodríguez Zapatero, ao referir-se aos êxitos obtidos pelo esporte espanhol em 2008, sendo o último deles a Copa Davis. "Estamos entre os melhores países do mundo" e "graças aos êxitos é fácil estar no 'G8' do esporte", elogiou, ao aludir ao movimento diplomático empreendido por seu governo na última reunião do G20, em 15 de novembro.

Redação Sport Marketing