3 de out de 2008

Embratel fecha com Rio 2016

O Rio de Janeiro recebeu o primeiro patrocínio à candidatura da cidade para sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Em solenidade realizada no Palácio Guanabara, o governador do Rio, Sérgio Cabral, assinou contrato com a Embratel, no valor de R$ 3 milhões. "Havia um ceticismo da população com relação à campanha da cidade"- disse o governador. Cabral lembrou que o Rio já se candidatou para sediar os Jogos Olímpicos em 2004 e em 2012, mas nem chegou à fase final das disputas. Ele acredita que para 2016 o Rio de Janeiro tem total condição de vencer os concorrentes. A decisão da cidade que sediará os jogos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) será anunciada em outubro do ano que vem. Além do Rio, concorrem para sediar o maior evento esportivo do planeta Chicago (Estados Unidos), Madri (Espanha) e Tóquio (Japão).

Redação Sport Marketing

Oakley apóia promessa da motovelocidade

A jovem promessa do motovelocidade Eric Granado fechou contrato com a Oakley, conceituada marca de óculos, relógios, calçados, entre outros produtos de alta tecnologia. A parceria foi concretizada com a visita do jovem piloro brasileiro à sede da empresa em São Paulo, onde foi recebido pelo gerente de marketing esportivo Luiz Campos.“Temos uma política de patrocínio a jovens atletas e o Eric se encaixa muito bem a ela. Acompanho de perto as competições de motocicletas e sinto que ele está no caminho certo para chegar a MotoGP” - disse o gerente que não revelou os valores e as condições da negociação. “Fiquei impressionado com a naturalidade que ele encara a vida de piloto e as pressões do esporte. O apoio dos pais também é muito sólido e positivo para a carreira promissora dele” - destacou Campos. Neste ano, a Oakley fornecerá vários produtos a Eric. Para 2009, a empresa estudará um trabalho de benefícios a Eric, atual líder do Cuna de Campeones Bancaja, o mais conceituado torneio mirim da Espanha, de onde foram revelados nomes como Hector Barberá, Hector Faubel, Sergio Gadea, Mateo Túnez e Nico Terol. “Pensamos num acordo de médio a longo prazo baseado na nossa filosofia de apoiar mais do que a carreira do atleta. Buscamos a formação e o desenvolvimento da pessoa, oferecendo ajuda de custo para escola, curso de idiomas, preparação física, etc.” - explicou Luis Campos ao site Moto.com.br.

Redação Sport Marketing