9 de set de 2008

Timão lança camisa do torcedor

O torcedor do Timão qeue quiser ter a fot eternizada na camisa do clube do coração vai ter que desembolsar uma grana preta! Cada foto na camisa do Corinthians que será usada na última partida da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro diante do América-RN, em 29 de novembro vai custar R$ 1 mil. O espaço é limitado e cabe apenas 400 fotos. Os dois goleiros não usarão a camisa. A idéia é bem criativa, mas o preço depõe contra a nação!

Redação Sport Marketing

CBV na Bolsa de Valores

A Confederação Brasileira de Vôlei - CBV pretende abrir capital na Bolsa de Valores. A novidade foi anunciada pelo presidente da Confederação Ary Graça que disse que tem intenção de discutir com os patrocinadores sobre a meta da CBV ter ações na Bolsa. A ação irá inclusive ajudar no processo de gestão da CBV, que amanhã renova contrato com o Banco do Brasil e que fechou acordo com a CVC.

Redação Sport Marketing

Mercado: Bradesco lidera ranking

O Bradesco liderou um ranking das marcas mais valiosas do Brasil registrando R$ 7,30 bilhões em 2007. De acordo com a pesquisa realizada pela Brand Finance em parceria com a Gazeta Mercantil, o Banco do Brasil ficou em segundo lugar, com R$ 7,13 bilhões, e Ambev em terceiro, com R$ 7,09 bilhões. A Petrobras, que liderou o ranking de 2006, este ano caiu para a oitava posição, com R$ 6,2 bilhões. "A boa posição de bancos como Bradesco, Banco do Brasil e Itaú - em quinto - mostra claramente o papel econômico desse setor no Brasil, diferentemente do que acontece em outros países" - disse Gilson Nunes, presidente da Brand Finance. A Brand Finance também pediu a opinião de 5.250 consumidores sobre diversas marcas presentes no Brasil, segundo critérios de Preço, Distribuição, Produtos e Serviços, Marketing e Comunicação, Pós-venda e Posicionamento Corporativo. Entre as mais bem cotadas, predominam, com exceção da Rede Globo, marcas estrangeiras, como Nestlé, Coca-Cola, Sony, McDonald´s e Unilever.

Redação Sport Marketing

Palavrões e mancada paraolímpica no Sportv 2

O canal Sportv2, que está reapresentando os vts dos eventos dos Jogos Paraolímpicos de Beijing mostrou no ar hoje, um show de mancadas paraolímpicas com direito até a palavrões. Começou com o narrador chamando a pira olímpica de tocha, quando apareceu a imagem do 'Ninho de Pássaro' - o erro foi corrigido pelo comentarista. Mas, o ápice das mancadas aconteceu mesmo por volta das 11h03 da manhã, antes do início da luta de judô masculino entre os atletas do Azerbaijão e Alemanha, categoria até 90 quilos. O narrador, pensando estar fora do ar, mandou as seguintes pérolas: "Não vai mostrar a bocha? Vamos ficar aqui mostrando um esporte só? É melhor do que ficar mostrando uma coisa só. Diz para o pessoal aí que ficar no ar mais de 7 horas está f... (disse um palavrão no ar)! Nem na olimpíada foi assim! Fala você com eles, senão vão achar que eu estou reclamando" - finalizou o ilustre narrador, que, certamente, deveria estar conversando com um produtor ou coordenador de evento. O que ocorreu é que o papo do narrador deve ter ocorrido durante o break comercial do evento ao vivo, ou seja, quando ele estava fora do ar. O que ele e a produção esqueceram é que o mesmo evento, estava sendo gravado para ser exibido em vt em outro canal e nesta fita os comentários do narrador foram gravados na íntegra e colocados no ar. Lamentável para o canal que se diz campeão, cuja produção tinha obrigação de checar os vts antes de ir ao ar (medalha de lata), lamentável para a equipe de operações, cujo operador de áudio não poderia deixar que nos breaks os comentários fossem gravados (medalha de ferro), lamentável os patrocinadores - cuja imagem fica vinculada a esse nível de transmissão, lamentável para o esporte paraolímpico - que teve no Sportv a chance de transmissão e mais lamentável ainda para o narrador (medalha de lixo), que deveria saber se portar dentro de uma cabine de transmissão e saber que roupa suja se lava em casa ou dentro da sala do chefe e lamentável para o espectador que pagou pelos canais Sportv durante os Jogos e recebe em casa esse nível de transmissão! Quanta diferença dos áureos tempos quando um apresentador foi demitido porque conjugou um verbo errado no ar e outro foi demitido porque entrou no ar mastigando um biscoto! Hoje, palavrão no ar do Sportv poooodddeeee! É só pegar a fita e confirmar.

Redação Sport Marketing